Digite seu E-mail:

Assine o Feed

As línguas estranhas das Igrejas Evangélicas Pentecostais

linguas estranhas das igrejas evangélicas

O dom das línguas estranhas nas igreja pentecostais, por suas controvérsias; não há dúvidas que sejam á má compreensão dos dons do espírito, onde muitas acham falar línguas de anjos ou do Espírito Santo, sem entendimento de quem ouve, por isso línguas estranhas. E em comunhão com o misticismo infelizmente está sendo oportunizada por muitos de más intenções. que se estão se aproveitando da fé inocente do povo simples, que se impressionam com tal suposto dom.

Causa até estranheza citar o conceito hipnose relacionado á alguns supostos dons espirituais, ainda mais sendo o carro forte para novas conversões e tão divulgados por muitas comunidades cristãs, como as igrejas pentecostais, simplesmente quando se torna um dogma e tradição popular.

Nossa intenção aqui está centrada apenas no esclarecimento baseando na lógica dos fatos pelo racionalismo, como no que concerne a um dom que de uma curiosa forma difere de tudo que engloba as tradições religiosas e contemporâneas. E por este simples fato, vamos provar aqui não somente pela bíblia, mais pela psicologia que na verdade o fenômeno das línguas estranhas nos meios evangélicos em seu sentido popular é muito mais vulgar do que real.

A Crença no Irreal

colombo-fim-mundo

Na época de Colombo, a idéia popular era que após um certo limite dos oceanos, por navegação os navio se perdiam, caindo num despenhadeiro eterno designado um tipo de “fim de mundo”, pelo idealismo da “terra plana”, mais colombo não se limitou a essa visão e penetrou afundo esses mares e provando tempos depois que a terra era circular.

Neste caso as crenças derivadas dessa idéia geraram várias lendas e mitos; que na verdade, nunca foram reais, criados apenas pela imaginação humana.

Neste caso havia uma indução coletiva gerada pela ignorância que limitava as consciências para outras conclusões, nutrindo-se com aqueles que se afinavam com essa visão.

Assim como a crença limitada da interpretação dos evangelho por muitos religiosos, que acabou dando nessa conclusão e visão unânime ilusória da verdadeira manifestação espiritual das línguas entranhas na igreja primitiva.

A Missão Cristã

Profecias de deus aos pagãos, e seus chamados para a vinha.

Para entendermos o sentido dos dons espirituais entre os primeiros cristãos, devemos nos abastecer em entendimento da missão dos primeiros fiéis para com o mundo na época de Cristo, considerando algumas observações do Velho testamento.

Segundo as escrituras quando se referia ao povo de Deus, diz que chegaria um dia em que as nações estrangeiras (pagãs) conheceriam o senhor Deus de Israel.

“Eu, o Senhor, te chamei em justiça, e te tomarei pela mão, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, e para luz dos gentios.”(Isaías 42:6)

“E os gentios saberão que eu sou o Senhor que santifico a Israel, quando estiver o meu santuário no meio deles para sempre.” (Ezequiel 37:28)

- Como vemos os gentios herdariam por final a herança aos eleitos de ISRAEL, o que deu a idéias de que os judeus fossem os propagadores de sua religião e suas tradições, mais na verdade, os judeus se tornaram estáticos perante aquilo a que Jesus trouxe e seus opositores e foi essa Boa Nova que foi herdada aos fieis de Israel e aos pagãos na época exata de sua vinda.

O Batismo nas Águas

batismo-espirito-santo-linguas-estranhas

Jesus no início de sua missão é batizado nas águas por João, mais não existe nenhum relato nos evangelhos de que ele e seus apóstolos falaram por línguas estranhas.

Porque ?

Simplesmente porque a missão e pregações tinham um teor nacionalista, deveria começa primeiro entre a nação judia segundo suas recomendações, o que fez e faz muitos a entenderem nele como um ser preconceituoso por seu discurso;

“Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos;” (Mateus 10:5)

Coisa que mais tarde é explicado corretamente nos evangelhos.

“E no seu nome os gentios esperarão.“ (Mateus 12:21)

A Pentecostes e o Batismo com Fogo

lingua-estranhas-pentecostes-espirito-santo

“E farei aparecer prodígios em cima, no céu; E sinais em baixo na terra, Sangue, fogo e vapor de fumo.” (Atos 2:19)

- As primeiras igrejas passaram a pregar não somente nas terras de Israel, mais também aos povos estrangeiros ao redor, DEPOIS morte do mestre, e é nesta época em que há uma grande manifestação de dons espirituais, por aqueles que recebiam pelo dito “batismo do fogo” esse dons, “Fogo” este que simbolicamente representa os “dons do espirito” e um destes era o das línguas estranhas.

“E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia ...E….uma multidão, ….e cada um os ouvia falar na sua própria língua. E …dizendo uns aos outros: Pois quê! não são galileus todos esses homens que estão falando? Como, pois, os ouvimos, cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos?” (Atos 2:4-8)

- Na verdade as línguas estranhas são apenas outros idiomas, e que era transmitido pelo espirito do santo incorporado neste fiéis para facilitar a interação entre os povos.

Pois como já expliquei “Ruach ha-Kodesh” significa “Espírito do Santo” e não como é traduzida erroneamente.

Esse era o destino deste primeiros cristãos, se cumprindo como fora predito nas escrituras antigas, na época em que ela definiu como o fim dos dias. E é Paulo quem explica:

“Está escrito na lei: Por gente de outras línguas, e por outros lábios, falarei a este povo; e ainda assim me não ouvirão, diz o Senhor.” (1 Coríntios 14:21)

Os Evangelhos

linguas-estranhas-evangelicos

E se baseando sob este contexto não podemos deixar aqui de explanar de forma completa mais dados importantes deste fato histórico e espiritual da missão cristã.

Os próprios evangelhos foram escritos em línguas não naturais a da terra santa, como; grego, grego copta, e aramaico.

Fato que para combater estes novos escritos os judeus do concilio de Jâmia passaram a só valorizar as escrituras de origem hebraica escritos nesta terra.

Definindo por idéias próprias que o Espirito Santo não falaria em outras línguas, cânon defendido e seguido pelos protestantes de hoje, por causa da escolha equivocada de Lutero, por isso suas bíblias possuem sete livros a menos.

As Línguas dos Anjos

linguas-dos-anjos

“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.”(1 Coríntios 13:1)

Mais qual língua angelical Paulo está a falar?

Em (João 20:15) Um anjo se comunica; com Maria Madalena, sem a necessidade de um interprete como mais tarde definiu Paulo.

Paulo quando retrata língua angelical está apenas a referira-la no sentido poético que representa apenas conhecimento particular, tipo;

Falar a língua dos escritores, dos arquitetos ou dos mecânicos.

- Pois uma das línguas, a dos homens ele mesmo já falava.

sarah sheeva falando em linguas estranhas

Conclusão

Essa crença faz com que muitos também pelo auto-hipnotismo, se induzam a pronunciar palavras sem sentido algum. As línguas estranhas em comunhão com a mediunidade mal compreendida deixa muitos a mercê das incorporações de espíritos mistificadores, que num angulo maior, geram a hipnose-coletiva, e mais problemas de obsessões espirituais, tão comum dentro destes tipos de cultos.

E na verdade a manifestação destes ditos fenômenos nos meio pentecostal, nada mais é do que uma distorção do conhecimento dos dons espirituais pré-cristão em sua originalidade, pelas vaidades, baseado nas irreais interpretações das escrituras sem o conhecimento de certas leis que regem o ASTRAL, e que o estudo sério como a da revelação espírita sempre ofereceu neste campo das manifestações psíquicas para o mundo religioso.

Auto: Valter J. Amorim (Aquárius 2036)


Postagens Relacionadas:

Os “Últimos dias” e o que diz a Bíblia realmente !

Qual é a Bíblia Verdadeira, Católica ou Protestante ?

O Mito do Arrebatamento de Corpos ao Paraíso

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !