Digite seu E-mail:

Assine o Feed

A Teologia da Prosperidade e a sua maldição

A Maldição da teologia da prosperidade

A Maldição da Teologia da Prosperidade

A doutrina espiritual da prosperidade ou teologia da prosperidade como é mais conhecida e tão famosa em nosso tempo, e é de admirar de como nós seres humanos podemos ser tão, coniventes as vezes pela indução do modismo coletivo aliado os nossos interesses internos e ocultos, que por exemplo nos perguntamos; o que fizeram com o evangelho ?

E para entende-la temos que saber a diferença entre Torah e Evangelho, Judaísmo e Cristianismo, pois só assim teremos uma idéia mais racional sobre este dilema.

A boa nova traga por Jesus representava a (vida) pelos novos mandamentos aperfeiçoados (evangelho) sem as tradições ou mandamentos humanos. Coisa que a “Lei” em si já possuía.

O Judaísmo e a Morte

O judaísmo ou era judaica, representava a “morte”, segundo a época de Jesus, mais ela um dia já teve seu papel importante, como um meio de desenvolvimento educacional de um povo.

Também representou batalhas e lutas para as conquistas materiais deste povo em seus ideais de soberania nacional, e se analisarmos as profecias do velho testamento, além dos alardes, vemos sempre as promessas de prosperidade materiais.

Moisés e a aliança de deus com o povo

Uma das grande promessas a esta nação seria a conquista de uma terra somente sua, coisa que fôra prometido e cumprido por Deus. Tempos depois vemos sua expansão territorial pelas batalhas com outros povos e após sua degeneração espiritual, sua queda; onde é marcada pelo grande exílio babilônico.

Após essa fase segundo as escrituras a ânsia da nação se concentrava nas promessas de remissão e ascensão material e que segundo muitos seria acima de qualquer outro povo da terra.

“..diz o SENHOR, …ó Israel; .. te livrarei de terras de longe, e à tua descendência da terra do seu cativeiro; e Jacó voltará, ..e ficará em sossego, e não haverá quem o atemorize." (Jeremias 30:10)

“E acontecerá naquele dia que farei de Jerusalém uma pedra pesada para todos os povos.” (Zacarias 12:3)

“Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.”(Isaías 40:28-31)

“E acontecerá naquele dia, que procurarei destruir todas as nações que vierem contra Jerusalém;” (Zacarias 12:9)

“E também Judá pelejará em Jerusalém, e as riquezas de todos os gentios serão ajuntadas ao redor, ouro e prata e roupas em grande abundância.”(Zacarias 14:14)

"..diz o SENHOR..Depois da glória ele me enviou às nações que vos despojaram; porque aquele que tocar em vós toca na menina do seu olho." (Zacarias 2:8)

- Lembrando que este futuro de glórias e poder, deveria se realizar sob a hedge do Messias, segundo as profecias !

A Boa Nova (Graça)

A aliança pelo evangelho com Jesus

A Graça é a fase do evangelho, possuia na idéia de Jesus, uma reeducação espiritual para a mentalidade atrasada do povo, apegados ás idéias errôneas sobre Deus e as verdadeiras riquezas. É como se Jesus afirma-se categoricamente através de seus ensinos; “Gente a verdadeira propriedade e prosperidade que Deus sempre prometeu são as espirituais onde estão em lugares celeste, e de onde ninguém pode-lhes tirar. Somente as virtudes, as qualidades e o bem proporcionado aos outros é que são levados para lá.”

"Conheço as tuas obras, e tribulação, e pobreza (mas tu és rico),... (Apocalipse 2:9)

- Nesta nova fase alguns que puderam entender a visão do mestre, pela suas simplicidades o seguiram por afinidades, pois nem todos negaram o exclusivismo e orgulho da pretensão de ser judeu, e assim no futuro por suas falsas escolhas colheram a decepção com a expiação e a destruição de seu REINO perecível (ver).

Renúncia por Cristo

Os novos cristãos pelo sentimento da renuncia, para com uma fidelidade numa pátria espiritual, indestrutível, eterna e fora do alcance da imaginação criada pelos olhos humanos. e pela fé na imortalidade, negaram a si mesmos na luta contra o materialismo.

A renúncia dos matires cristãos

“Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo”. (Lucas 14:33)

- E para estarem ligados com os céus, todos deveriam estar sintonizados pelo desprendimento dos bens do mundo, e era isso que Jesus esperava deles, para a grande batalha contra roma e aquele mundo antigo.

“Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;” (Mateus 6:19).

- Os cristãos primitivo como cristo venceram o mundo sem a necessidades de cargos políticos, poderes monetários, honras humanas ou títulos no mundo de Cesar, para os livrarem de seus fins trágicos no coliseu e em muitos circos.

Tempos depois a bandeira cristã, se estabeleceu sobre a capital do mundo pagão.

Portanto, a teoria moderna da prosperidade religiosa, é de essência a causa da “LEI”, onde imperava a morte espiritual. Com atrativos de incentivo a vida pelas ambições. Que representava o homem na fase infantil se alimentando daquilo que é propicio à sua idade, mais depois de seu crescimento, ele entende que as riquezas da terra são transitórias e não podem ser levadas para o céu como afirmou PAULO:

"Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele." (1 Timóteo 6:7)

- Portanto os homens que já possuiam a idade adulta (espiritual), seguiram a (boa nova), enquanto o infantís se prenderam na (LEI).

"Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino." (Hebreus 5:13)

- Hoje, incentivar os cristãos á ganância dos bens pela religião, e induzi-los a morte espiritual, pois passam a ver a GRAÇA que é dádiva de Deus como um grande investimento, um contra senso a humildade, invalidando o sacrifício na cruz, que pregava “dar sem vistas a retribuições”.

"Mas, quando deres uma ceia, convida os pobres, os aleijados, os coxos e os cegos. Serás feliz porque eles não têm com que te retribui..." (Lucas 14:13-14)

"A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo." (Tiago 1:27)

O Desprendimento para a a caridade

Jesus e os vendedores do templo

“Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita;” (Mateus 6:3)

- Enquanto muitos buscam em livros de teoria conspiratórias, sobre as armas do mal, para enganar os cristãos, não conseguem ver o verdadeiro mal infiltrado já a tempos destro de muitas instituições, conservadas sob o titulo de “inspiração de DEUS”.

“Cristo nos resgatou da maldição da lei,…” (Gálatas 3:13 )

“Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor,….” (Romanos 8:15)

Vejam: As Obras Mortas do Apostolo Paulo e a Abolição do Sábado – Saibam a Verdade !

- Portanto a mentalidade limitada sem a visão espiritual a qual Jesus nos deixou representava em seu tempo, algo satânico ou maldito, pois sendo limitada se tornou obsoleto(velho) e também não aperfeiçoava os homens espiritualmente, prendendo-os na matéria(carne) generalizado pela ignorância que servia à nova doutrina de Jesus de escândalo.

Pois a(LEI) estava atrás de sua revelação (graça) !

“E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus.” (Lucas 9:62)

“..Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens.” (Mateus 16:23)

“E Jesus, respondendo, disse-lhe: Vai-te para trás de mim, Satanás; porque está escrito: Adorarás o SENHOR teu Deus, e só a ele servirás.” (Lucas 4: 8)

"Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça." (Romanos 6:14)

"Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído." (Gálatas 5:40)

A Visão Espírita ao Desapego

Deus não se intromete diretamente no livre arbítrio de ninguém, deixando cada um submisso as suas próprias escolhas.

Enquanto muitos se prosperam por quimeras, ou até mesmo por falsas ilusões modernas, criadas como meio de enganar, feita por uns até de boa fé, que acham agradar o Senhor com essas atitudes, pois sendo cristãos devem prosperar pela “vitória’, segundo seus slogans.

Não conseguiram ainda responder a verdade dos fatos, presentes ai pelas realidades. Porque milhares de cristãos ainda vivem na extrema miséria e na mais tenra pobreza ?

Na verdade a pobreza é uma dádiva, pois é através dela em que Deus, faz o ser crescer e evoluir pelo trabalho, enquanto a riqueza afasta o homem de Deus, pois muitos até dele esquecem nestas posições.

O sofrimento experimentado pelos mais humildes são lutas e pela resignação, é que muitos são provados e se alguns não agüentam a pressão, então Deus permite que a riqueza lhes toque temporariamente suas vidas como forma de amenizar o fardo pesado, apos buscarem em algumas instituições que prometem isso.

Mais para muitos que encontram suas satisfações somente nos bens temporais, após a morte, não poderão cobrar seus galardões espirituais, pois assim Jesus dirá.

(A) “Nada tendes a receber, porque já recebestes o vosso salário na Terra. Ide, e recomeçai a vossa tarefa”.

“Bem-aventurados os aflitos, porque eles serão consolados”.

..Essas palavras podem, também, ser traduzidas assim: deveis considerar-vos felizes por sofrer, porque as vossas dores neste mundo são as dívidas de vossas faltas passadas(KARMAS), e essas dores, suportadas pacientemente na Terra, vos poupam séculos de sofrimento na vida futura. Deveis, portanto, estar felizes por Deus ter reduzido vossa dívida, permitindo-vos quitá-las no presente, o que vos assegura a tranqüilidade para o futuro.

AUTOR: Valter J.Amorim (Aquarius 2036)

Fontes de Apoio: (A) -Trechos: “Motivos de Resignação, do Evangelho Segundo o Espiritismo”


Postagens Relacionadas:

O Velho Testamento foi revogado por Jesus?

Fé e Obras são as Regras do Evangelhos ?

Oito Graus da Caridade

O Evangelho de Martinho Lutero

O Poder das Trevas e as manipulações das consciências

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !