Digite seu E-mail:

Assine o Feed

Deputado de Israel destroi Cópia do Novo Testamento

Deputado Judeu destroi copia Novo Testamento

Deputado israelense destroi cópia do Novo Testamento; diz que o lugar deste livro "abominável" é na "lata de lixo da história"

Toda esta bobagem "judaico cristã" é uma perversão relativamente nova da fé de nossos pais. As interpretações deturpadas sobre a "dupla aliança" e sobre

"aquele que bendisser Israel será bendito" só se manifestaram dentro das igrejas cristãs convencionais durante as poucas últimas décadas. Basicamente, alguns cristãos hoje em dia agora acreditam que "bendizer" Israel é tão importante para a salvação quanto a fé no próprio Cristo. E o que ganhamos em troca de nossas bençãos?

JERUSALÉM — Um deputado israelense rasgou uma cópia do Novo Testamento diante de câmeras em seu gabinete. Um acessor diz que missionários cristãos enviaram pelo correio as escrituras cristãs para Michael Ben-Ari, do ultra nacionalista Partido da União Nacional.

Itamar Ben-Gvir disse que Ben-Ari, um judeu ortodoxo, ficou irado ao receber o livro, em cujo nome ele diz que milhões de judeus foram chacinados. Ben-Ari o rasgou, ele disse, e então pousou para fotografias com a Bíblia destruída. Muitos cristãos ao longo dos séculos perseguiram os judeus, considerando-os responsáveis pela crucificação de Jesus.

Mais aqui: Um membro do parlamento israelense rasgou uma cópia do Novo Testamento e a jogou no lixo. Uma edição da Bíblia havia sido distribuída entre todos os membros do Knesset por Victor Kalish, chefe de uma sociedade editorial cristã. (...)

O membro do Knesset israelense Michael Ben-Ari, entretanto, definiu o livro como uma "provocação", o rasgou e o atirou no lixo, um ato que aparentemente foi registrado por câmeras. “Este livro abominável [o Novo Testamento] causou o assassinato de milhões de judeus na Inquisição e nos autos da fé", teria dito Ben-Ari; “Esta é uma provocação da parte de missionários de igrejas e não há dúvida de que o lugar deste livro e dos que o mandaram é na lata de lixo da história.” [N. do T.:

Pergunta: Se os cristãos são tão ruins, por que razão os judeus há milênios insistem tanto em viver no meio deles?] (...)

A destruição da Bíblia e os insultos contra ela por parte de Ben-Ari acontecem no momento em que os Cristãos Unidos por Israel (CUFI) -- que afirma ser a maior organização pro Israel nos Estados Unidos -- se reúnem para sua conferência anual em Washington. [Fim do post original]

N. do T.: E este é um deputado de um país que virtualmente não existiria se não fosse pelo apoio político, financeiro e militar dos mesmos cristãos (americanos) que ele tanto despreza. Agora, ingênuo é quem acha que este ethos é uma exceção isolada e não parte de um quadro mais amplo entre as fileiras do Sionismo organizado -- embora, claro, para quem realmente não quer ver uma coisa, as evidências, por mais gritantes e abundantes que sejam, não sirvam mesmo pra nada.

"Ninguém é isento de sua própria ignorância." "Se ele fizer um milagre, escute-o."

Fonte: http://dextrahodie.blogspot.com.br/2012/...ia-do.html

Vejam também:

Evangélicos e Judeus: Um caso de amor não correspondido

Vídeo: a loucura do Cristianismo Sionista -- por David Duke

Judeus cospem nos cristãos em Israel

Podcast de Mark Weber: O Cristianismo Sionista

O que o Talmude tem a dizer sobre os gentios em geral e sobre Jesus em particular


Postagens Relativas:

Os Decaídos e a Linhagem Reptiliana Segundo os Espíritos

O ESTADO DE ISRAEL CAPTURA JOVENS PALESTINOS PARA UTILIZÁ-LOS COMO RESERVA DE ÓRGÃOS HUMANOS

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !