Digite seu E-mail:

Assine o Feed

Práticas Xamânicas Levam à Integridade

Por: Clarice Monteiro

Praticas Xamaniscas_integridade

Imagine os benefícios de unir duas práticas milenares. É o que se pode esperar do yoga xamânico, um conhecimento que apesar de muito antigo, há pouco tempo passou a receber mais enfoque.

A professora chilena de yoga, mestre de Reiki e de Cerimônias de Rituais Ancestrais, Constanza Henriquez, é uma das pessoas que vem dedicando sua vida ao estudo e exercício deste estilo de yoga e trouxe um pouco deste conhecimento para Uberlândia no início de dezembro (2011), quando fez atendimentos e conduziu um workshop sobre o tema no Espaço Gayatri.

Na ocasião, Constanza comentou sobre como não é possível desvincular o yoga de práticas espirituais e que neste estilo, além da união com o próprio interior, é possível alcançar a consciência de que estamos ligados a tudo. A prática e aceitação deste caminho, aliado à outras evoluções alcançadas pela sociedade moderna, pode significar um futuro mais saudável, ligado ao amor a todas as coisas existentes.

Constanza_heriquez

                                                 A chilena Constanza Henriquez

Como chegou ao yoga xamânico?

Há 25 anos faço trabalhos de investigação de conhecimento prático com as tradições de cura do povo indígena americano. Então pesquisei Peru, Equador, México, Brasil e experimentei diferentes dietas, tipos de plantas e fui vivenciando por meio das minhas próprias experiências tudo isso. Há 18 anos, era professora de crianças e percebia que elas, naquela idade, já estavam retraídas e com vergonha de mover-se nas atividades de expressão corporal e dança.

Sempre fui muito corporal, então pensei em como fazer algo para permitir que as crianças trabalhassem com seu corpo e a se soltasem e cheguei ao yoga. Comecei a fazer para mim, depois fiz cursos e adaptei para crianças, porque aulas infantis ainda não existiam na época. Paralelamente, continuava minha pesquisa com curandeiros, xamanismo e meu trabalho espiritual. Há 2 anos, enquanto praticava yoga, comecei a sentir mensagens e indicações de contato com a energia de fora, do sol, da terra. Passei a experimentar comigo e meus alunos e isso fez uma transformação na prática porque não era algo meramente físico.

O yoga é sempre espiritual, mas as pessoas praticam, vão para casa e continuam fazendo as mesmas coisas. O que não percebem é que na prática pode-se direcionar a energia para eliminar a raiva, por exemplo, realmente fazer coisas profundas. Então fui unindo tudo isso.

- O yoga está mais divulgado ultimamente, mas ganhou fama principalmente por esse aspecto físico. Como lidar com essa visão?

O yoga que pratico é adaptado para todas as idades e pessoas. Atualmente dou aulas para crianças de 6 anos e jovens de 18. É possível inserir as aulas com outra roupagem, como uma educação física, e depois as pessoas tomam gosto quando vivenciam. Dou aulas em um programa em um colégio francês que é um dos precursores em ter yoga na grade curricular. Uma vez ao ano, dou aulas como se fosse educação física. Não digo que é xamânico, porque as pessoas têm muito preconceito e medo, mas, no fim, é o que precisamos.

- Como é uma aula de yoga xamânico? No que ela difere de uma aula de yoga regular?

No xamanismo, o mais importante é que o praticante tenha atenção, propósito, uma intenção clara do que quer alcançar. Para a viagem xamânica tem quer saber usar as forças da natureza. Usar energia da terra, do vento, do ar, do sol. Usamos o corpo astral, físico, emocional para fazer alquimia com as energias do universo.
A prática se adapta a qualquer lugar, não precisa ser em contato direto com a natureza. Sempre tem exercícios de limpeza por meio da respiração e visualização, sequência de posturas com respiração e cada postura com intenção, e depois meditação ou relaxamento guiados. Também integro a ativação da glândula pineal.

Qual o objetivo desta ativação?

No xamanismo, trabalhamos muito a viagem xamânica. Isso se consegue pelas plantas medicinais. Foi descoberto que esta glândula (localizada no centro do cérebro) secreta a mesma substância que essas plantas.Então, quando se faz essa ativação, a pessoa tem mais capacidade de sonhar em cores, ativamos os dois hemisférios do cérebro e podemos realmente ir além da consciência. Isso é muito importante para os jovens, porque são eles que tem que sonhar um mundo melhor para todos nós. Tudo começa com um sonho, uma visão. O corpo tem tudo o que precisamos, todos os códigos e, unindo tudo, a pessoa chega à integridade, quando tem consciência de que a vida é amor. Isso significa a-mor, ou seja, sem morte. A vida é eterna porque somos em todas as coisas. Viemos a Terra para cuidar dela e para sermos felizes.

- Quais são os efeitos da prática na pessoa e no entorno?

Senti que tinha que expandir esse conhecimento para que as pessoas tenham consciência de que estão ligadas a tudo. Tudo é a mesma coisa. Aproveitamos melhor a energia quando temos essa consciência. Agora, por exemplo, estou com os pés no chão, posso pegar energia da terra. Se estou próxima de uma fogueira, posso alimentar meu primeiro chakra. Cada postura está nos colocando em contato com tudo. É importante que a prática seja unida a outras práticas saudáveis, de cuidar da alimentação, da linguagem, assim ficamos mais abertos para receber as informações.

Os resultados que já tenho comprovado incluo nas aulas, mas sem rotular. Dei um curso para 28 jovens de 17 e 18 anos. Não queriam fazer yoga, comecei a impor que teriam de alcançar nota como em outra disciplina escolar. Começaram assim, mas depois tomaram gosto. Muitos vieram agradecer porque nunca tinham experimentado essa conexão com a terra,  com a vida. Esse é meu propósito. Que as pessoas se conectem consigo mesmas e com tudo, porque não estamos sós e sim muito bem acompanhados. Claro que os resultados dependem completamente de cada pessoa. Se ela tem uma intenção e disposição a abrir o coração e ter uma experiência de expansão, vai ter. Se não quer, não vai acontecer nada, como tudo na vida.

Vale dizer também que estamos vivendo um momento muito difícil na terra e é urgente que as pessoas despertem. Se fiz um caminho para conhecer tudo isso, tenho que usar onde me corresponde no meu trabalho como curandeira e professora de yoga, chegando a todos, para colocar um freio nas pessoas.

- O que você fala lembra um pouco o filme Avatar… não sei se viu
Não, evito ver coisas de catástrofe. Porque todas as imagens que colocamos na mente, criam um registro na cabeça. É preciso ter cuidado.

- Mas tomando esse gancho, quando pensamos no futuro, o caminho seria retornar àquele modo de vida dos índios, totalmente em contato com a natureza, ou é possível continuar com as máquinas, a tecnologia?

É possível usar a tecnologia, porque temos coisas maravilhosas, a energia verde. Se usarmos de forma inteligente, poderíamos ter uma vida maravilhosa para todos. Avançamos tanto, é possível cultivar onde não há água, não precisamos voltar às cavernas. A integração funciona bem.

Fonte: http://www.correiodeuberlandia.com.br

Link matéria completa + Vídeo

http://www.correiodeuberlandia.com.br/sintoniasaude/2011/12/18/praticas-xamanicas-levam-a-integridade/

 

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !