Digite seu E-mail:

Assine o Feed

A Transição Planetária por completa até 2036

transicao planetaria e o fim 2036

A Transição Planetária até 2036

Para muitos a Transição Planetária deveria ter ocorrido de forma completa segundo muitas crença pós 2012, baseado em supostas especulações religiosas e esotéricas, que para muitos essa data marca o início desta transição pelo lado vibracional.

O que tenho aqui é a revelação com base numa obra derivado das revelações mediúnicas, que afirmam sobre a conclusão da Transição Planetária em 2036.

Apesar de muitas teorias já passadas, e nós de novo agora como outra data de um novo suposto fim do mundo, posso afirmar que existem motivos para que nela se pode tomar uma grande certeza, ainda mais sendo informações provindas de revelações espirituais de entidade evoluidíssimas, através de uma grande obra da espiritualidade.

O Alvorecer de Uma Nova Era

A nossa fonte de dados é revelada por espíritos conhecidos como jardineiros siderais, espíritos que já chegaram á um alto grau de purificação e vivem em moradas evoluídas onde trabalham em excelência em todas as suas obras, suas inteligências são usadas pela divindade na criação, adaptação e evolução de vidas, em novos mundos.

A revelação vêm à luz pela depurada mediunidade de Roger Feraudy, conhecido autor de mais de uma dezena de obras espiritualista e especialista em sondagem do passado.

jardineiros siderais

As Migrações de ERG

Segundo a obra m tempos longínquo de nossa época, que vai aos tempos de Lemuria e Atlântida, nossa humanidade recebeu uma grande coletividade de almas originaria de ERG, o antigo décimo planeta do nosso sistema solar destruído pelo conflito com outra raça, os MORGS.

Como num contexto lógico espiritual, todos no caminho da ascensão estamos destinados a cair, para mais experiente fortes retornamos ao caminho. Em meio ao conflito com uma raça hostil, grande parte dos habitantes de erg possivelmente o que define a obra, seletivamente uma parte, foi desperta no planeta terra, pois vagavam adormecidos com seus corpos espirituais no espaço depois da explosão de seu planeta.

Encarnados na terra estariam de novo sujeitos a lei da causa e efeitos que rege seres como nós habitantes das dimensões menos sutis, serviram como um contrabalanço a encarnação dos morgs no planeta que eram espíritos sem corações e amargurados espiritualmente na ganancia em busca pelo poder.

Por isso, batalhas e batalhas se deram tanto no astral como no plano físico destas entidades, que passaram a fazer parte desta civilização global.

Mentores e Mestres no planeta

Grande parte destes espíritos foram dirigentes de vários templos iniciaticos e verdadeiros mestres que possuíam suas realidades espirituais ocultas pelo véu do esquecimento na carne, após várias transições a humanidade não teria conseguido seu verdadeiro intento na evolução de uma coletividade da raça humana, esperando agora no tardar do fim de um ciclo maior o despertar total de grande parte destes, bem como de sí mesmos.

A Visão do Fim

Sob a visão futurista descrita na obra, a transição planetária se dá por completo talvez após 2036, mais a obra declara que dez anos antes desta data, a humanidade começa a sentir na pele as consequências do verdadeiro apocalipse, até mesmo com o aparecimento real de nibiru ou o astro de intruso de Ramatis ao qual muitos conhecem.

transicao planetaria em 2036

Assim diz o enredo:

"O ano é 2035. Durante os dez anos que precederam esse período, o planeta Terra sofreu inúmeras modificações. Transformações geográficas, climáticas, cosmográficas, sismológicas e biológicas. O efeito estufa aumentou; mesmo denunciado por alguns países, não foi tomada qualquer providência pelos governantes. Indiferente, a humanidade continuou poluindo sua moradia terrestre. Mutações mais surpreendentes ocorreram, por causa da quebra do equilíbrio ecológico.

Furacões periódicos varreram os continentes de costa a costa, vulcões entraram em atividade quase ao mesmo tempo; maremotos com ondas de mais de 12 metros de altura fustigavam algumas regiões; terremotos sacudiram o planeta, abrindo rachaduras enormes no solo, tragando em suas entranhas áreas inteiras; um degelo parcial dos pólos modificou lentamente a fisionomia geográfica de toda a Terra.

tsunamis fim dos tempos

Ventos com mais de duzentos quilômetros por hora varreram de norte a sul o globo terráqueo, destruindo junto com tufões e tornados o que encontravam pela frente, e desolação e miséria foram constantes nesses anos assustadores.

Com esses trágicos acontecimentos, houve um desencarne em massa das populações enlouquecidas, correndo desorientadas, sem destino certo, famintas. Ocorreram saques, lutas fratricidas por alimentos, catástrofes provocadas pela fúria da natureza, que indiferente aos clamores dos religiosos e à impotência dos cientistas, prosseguia destruindo coletividades inteiras.

Guerras e Rumores de Guerras

Além disso, guerras eclodiram entre as grandes nações, ceifando incontáveis vidas; as terras devastadas e áridas pelas explosões nucleares também "morreram"; nada mais nascia.

Nesses quase dez anos de intensos sofrimentos, os habitantes dos sítios mais altos tiveram o mesmo destino dos domiciliados nas planícies. As febres e as doenças grassaram, aparecendo novos vírus e bactérias que dizimaram, sem qualquer defesa para os humanos, grandes comunidades.

Afora as enfermidades, experiências genéticas que produziram mutações no reino animal, criando monstruosas criaturas; o uso indiscriminado de agrotóxicos envenenou o reino vegetal; a escassez de água potável completou a devastação em todo o planeta. O homem, afinal, estava conseguindo seu intento: destruir o planeta que o abrigava a evos sem conta.

purificacao do planeta

No ano 2034, o eixo terráqueo sofreu o primeiro tremor, logo secundado, de forma abrupta, por sua verticalização. Continentes inteiros desapareceram, outros que há muito dormiam no fundo dos mares surgiram, e as regiões polares voltaram a ter clima temperado.

Emergiu do fundo do oceano a Atlântida, enquanto o deserto de Gobi tornou-se novamente um mar interno, surgindo dele a Ilha Branca com sua imponente ponte, que a ligava ao continente, a multimilenar Cidade da Ponte. O mesmo ocorreu com o deserto do Saara, que voltou a ser um mar que se estende da Arábia Saudita ao sul da Líbia, cobrindo todo o Egito, que em épocas imemoriais já havia sido inundado. Extensas áreas desapareceram e outras surgiram das entranhas da terra e do fundo dos mares.

Uma chuva ácida caiu em quase toda a superfície do planeta provocando mais mortes, não só dos seres humanos, mas também destruindo boa parte do reino animal e vegetal.

Nibiru ou Astro Intruso

astro intruso chegada 2036

Nesse mesmo ano um misterioso planeta, denominado de intercatenário, porque se localizava entre duas cadeias de evolução, até essa data invisível para os habitantes terrenos, apareceu no escuro céu. Esse astro encontrava-se na aurora da civilização, como se fosse a época pré-histórica terrestre. Há alguns anos, tinham sido paulatinamente expurgados para esse planeta os egos que tiveram uma última oportunidade de encarnação na Terra. Grande parte daqueles que desencarnaram atingidos pelas catástrofes seguiram degredados para esse globo.

As regiões centrais do Brasil, nos estados de Mato Grosso e Goiás, que se conservaram incólumes ante esses cataclismos, abrigariam no futuro os nativos de Erg, as “famílias” espirituais” que, reunidas sob a direção de Albiom e Thessá, conseguiriam finalmente despertar para a consciência coletiva.

Todos esses egos, que acabavam de vagar por múltiplas encarnações em infindáveis séculos, iriam se reunir mais uma vez em uma vida na matéria, agora com pleno conhecimento do papel que representariam na escala evolutiva.

Durante três dias, após terríveis acontecimentos que por 10 anos devastariam o planeta, houve uma relativa tranquilidade, seguida de total escuridão. Um profundo e estranho silêncio se fez, como se todas as forças da natureza se aquietassem de repente. Logo o céu cor de chumbo foi clareando aos poucos, e nosso satélite, até então ausente do firmamento, apareceu, exibindo uma coloração sanguínea, vermelho-escura.

Ibez, a cidade sagrada, intermediária para Shambala, que se encontrava no plano etérico, na região do Brasil central, torna-se visível para os eleitos de Erg.

A Transição da Terra

filhos das estrelas

Nessa hora, todas as regiões do planeta ainda imunes às calamidades, receberam a mesma mensagem, que de forma misteriosa chegou por todos os canais de comunicação a todo o mundo. Interrompendo as transmissões regulares, entrou no ar um programa alienígena com imagens da colonização do planeta Terra, realizado por essas humanidades do espaço, desde o nascimento de nosso Sistema Solar. Ao final da transmissão, apareceu nas telas dos televisores e nas estações de rádio uma mensagem em diversos idiomas: "Somos vossos irmãos das estrelas. Não há motivo para pânico, viemos em missão de paz. Por várias épocas estivemos em contato direto com alguns grupos da civilização terrena, e agora estamos retornando". Após essa mensagem, vários UFOS pousaram nos países que haviam escapado dessa hecatombe mundial.

Esses seres, oriundos das constelações das Plêiades, Orion e Sírius, de altíssima evolução espiritual, foram os responsáveis pela construção de nosso Sistema Solar, há muitos milhões de anos, contados em tempo terrestre. Quando todos os planetas começaram a orbitar em torno do Sol, em várias épocas essas humanidades superiores estiveram no planeta Terra, ora modificando nosso DNA, outras doando seus genes, por meio de uniões com os seres humanos, a fim de auxiliar nossa evolução físico-espiritual, e o progresso das primitivas civilizações existentes.

Na cidade materializada de Ibez, os ergs que estavam encarnados, reunidos na praça central, aguardavam ansiosos. O céu, há anos cinzento, sem brilho, mudou de cor, tornando-se azul claro, cintilante. Uma vibração sonora ecoou, acompanhada por campainhas melodiosas, e uma vimana de proporções enormes apareceu, descendo lentamente em direção ao centro da praça circular.

Uma figura magnífica surgiu no portal da vimana. Hylion, banhado de luz, dirigiu-se aos ergs, que tinham à frente Albion e Thessá. Todo o seu corpo parecia feito de cristal luminoso, seus olhos claros emitiam suaves clarões coloridos, e de seu peito saíam acordes harmoniosos de sons. Um odor de rosas invadiu toda a praça, e quando começou a falar de forma pausada, ladeado por Zukov e Agazyr, Hylion exprimiu-se como em música de sublime elevação.

O Brasil é a nova terra

novo céu-nova terra-nova era

- Meus amados filhos de Erg! A missão de todos está começando agora. Durante esses quarenta anos que advirão, toda a "família espiritual" de Erg estará encarnada neste planalto central do Baratzil. Serão necessários dez anos para a natureza se restabelecer. Aqui como em toda a Terra, o clima então tornar-se-á mais ameno e o solo virgem poderá ser cultivado pelos sobreviventes.

Assim como há milhares de milhões de séculos nós, os filhos de Erg, semeamos todo o Sistema Solar, inclusive este planeta, a missão futura de todos será explorar o Cosmo, e outros sistemas solares. Irão aprender a abandonar seus corpos de carne e atuar em seus veículos superiores. Chegado então, o momento das viagens além do espaço e do tempo, em dimensões maiores, para poder pesquisar esse Cosmo incomensurável, na realidade seu lar planetário. É o tempo de retorno ao seu planeta de origem, o Universo inteiro."

É hora de voltar às estrelas!!!

Fonte: Do livro O Décimo Planeta

Demais dados: Valter J.Amorim


Postagens Relacionadas:

O Fim da Era Cristã e do Império das Trevas Segundo os Códigos Bíblicos

O Astro Intruso Segundo Ramatís

Os “Últimos dias” e o que diz a Bíblia realmente !

O Fim dos Tempos e Visitas Intra e Extraterrenas segundo os Espíritos

6 comentários:
  1. Meu amigo, com uma visão espirita, posso avaliar, que nunca vi tanta merda escrita num lugar so.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seres de Luz te abençoem, e a Mãe Divina permita sua Lucidez dos Sonhos, pois um dia "lembrará" de Tudo, e se arrependerá, com Deus Eu Sou é compaixão lhe "ajudará" e alegremente quem sabe, irá trilhar o Caminho da Luz !

      Excluir
  2. Com uma visão espírita tão limitada Rafael, nota-se que não está sequer percebendo que já estão acontecendo tudo o que foi profetizado na Bíblia e exposto neste livro. Acorde, enquanto é tempo. Ainda restam 20 anos...

    Paz e Luz.

    ResponderExcluir
  3. FICÇÃO OU NÃO, A HUMANIDADE TÊM TUDO PARA SER FELIZ! ADÃO E EVA ESTA DENTRO DE CADA UM DE NÓS. O PARAÍSO É AQUI!PROBLEMA É QUE NÃO NOS ESFORÇAMOS SEGUIR A VONTADE DIVINA COMO DEVE SER SEGUIDA. QUANTO AO LIVRO ACIMA, SÓ DEUS SABE AONDE É FICÇÃO,ONDE É REALIDADE. BOM ; QUE FIQUEMOS COM DEUS E O EVANGELHO DE JESUS CRISTO.

    ResponderExcluir
  4. VALTER J.AMORIM; ME EXPLICA SE PUDER: POR QUE 2036? POR QUE NÃO 2016,2017,2018...2050-2100-2500-ANO 5000,ANO 10000,ETC? 2036 É O QUE? É UM TAL DE 2036-2038. JÁ LI EM OUTROS SITES E QUERIA SABER ...POR QUE DEUS NÃO FAZ ESSES EVENTOS PARA HOJE?

    ResponderExcluir
  5. Jefferson, o autor de tais asneiras deve ter fumado um baseado de grandes dimensões e com maconha mofada, antes de escrever o livro...

    ResponderExcluir

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !