Digite seu E-mail:

Assine o Feed

Sionismo, Uma Doença da Sociedade Judia !

Sionismo, Uma Doença da Sociedade Judia !

“Quando olhamos para os fatos da segunda guerra, e de outros tantos exemplos que se findaram com a perseguição do povo judeu, fica-se a pergunta, porque seria este povo assim tão perseguido?”

Os dois lados de Israel

anti-semitismo-sionismo

É fato de que sua penitência em terras estrangeiras é característica de um castigo divino, mais em âmbito com sua cultura religiosa, temos que separar aquilo, que é bom desta sociedade, e quando nos retratamos de judaísmo, não podemos negar a idéia sionista, que apesar de estar dividida filosoficamente do judaísmo, se faz como um vírus ou doença que pode contaminar qualquer um, pelo simples fato da falta de vigia espiritual.

Mesmo se tratando de um padrão de princípios, suas manifestações e ideais acabam se fazendo valer dentro da mente individual de muitos.

Vamos analisar aqui, que o judaísmo acaba se tornando uma religião racista, não num contexto completo, mais fragmentada a cada ser, pela essência sionista, e que não possui nenhuma relação com Deus.

Israel Sionista e América

O outro Lado da Moeda :

JERUSALEM (JTA) – O líder israelense sefardita Rabbi Ovadia Yosef, em seu sermão seminal no sábado à noite declarou que não-Judeus existem para servir os Judeus. “Goyim (não judeu) nasceram apenas para nos servir. Sem isso, eles não tem qualquer lugar no mundo; somente para servir o Povo de Israel,” disse ele durante uma discussão pública sobre qual tipo de trabalho não-Judeus são permitidos desenvolver no Shabbat.

"Por que gentios são necessários? Eles trabalharão, lavrarão, colherão… Nós sentaremos como um senhor e comeremos," disse ele a alguns risonhos. Yosef, o líder spiritual do Partido Shas e o ex-rabi-chefe Sefardita de Israel, disse também que as vidas de não-Judeus são protegidas com o intuito de prevenir perdas financeiras aos Judeus.

Essa mentalidade exposta por este lider Rabi, na lógica exprime a idéia e essência sionista padronizada e descrita pelo documento conhecido Talmud Babilônico.

Talmud Babilônico:

Talmud Babilônico, por seu teor, possivelmente faz parte dos idéais sionistas, como podemos analiza aqui. Foi publicado pela Socidade Talmúdica de Boston, p. XII

Os judeus se referem ao restante dos habitantes da Terra, os povos não-judeus, como "gentios", "goyim". Vamos ver o que o Talmud judaico ensina aos judeus quanto à maioria não-judaica, isto é, aqueles que não pertencem ao "povo escolhido" de Javé:

"O judeu moderno é o produto do Talmud..."

"Os judeus são chamados seres humanos, mas os não-judeus não são humanos. Eles são bestas." - Talmud: Baba mezia, 114b

"O Akum (não-judeu) é como um cachorro. Sim, a escritura ensina a honrar o cachorro mais do que ao não-judeu." - Ereget Raschi Erod, 22 30 .

"Mesmo tendo sido criados por Deus os não-judeus ainda são animais em forma humana. Não cai bem para um judeu ser servido por um animal. Portanto ele será servido por animais em forma humana." - Midrasch Talpioth, p. 255 Warsaw 1855 .

"Uma grávida não-judia não é mais do que um animal grávido." - Coschen hamischpat 405.

"As almas dos não-judeus vem de espíritos impuros e são chamadas porcos." - Jalkut Iuchoth Haberith, p. 250 b.

"Se você comer com um gentio, é o mesmo que comer com um cachorro." - Tosapoth, Jebamoth 94b

"Se o judeu tem um servente não-judeu que morre, um não deve expressar simpatia ao judeu. Você deve dizer a ele:

"Deus irá repor 'sua perda', como se um de seus bois tivesse morrido." - Jore dea 377,1 .

"Relação sexual entre gentios é como relação sexual entre animais." - Talmud Sanhedrin 74b .

"É permitido tirar o corpo e a vida de um gentio." - Sepher ikkarim III c 25.

"É a lei matar qualquer um que nega a Torah. Os cristãos pertencem aos negaceadores da Torah." - Coschen hamischpat 425 Hagah 425,5.

"Um gentio herético você pode matar com suas próprias mãos." - Talmud, Abodah Zara, 4b.

"Todo judeu, que faz jorrar o sangue dos sem-Deus (não-judeus), está fazendo o mesmo que um sacrifício a Deus." - Talmud: Bammidber raba c 21 & Jalkut 772

O Judaísmo religioso

Judeus Anti-sionistas Neturei Karta

Manifesto de Neturei Karta (Judaísmo versus Sionismo)

(Obs: Os Neturei Karta são judeus ortodoxos que rejeitam o Israel Sionista.)

Tradução: sionismo.net

O judaísmo acredita num só D-us, O qual revelou a Torah. Defende a providência Divina e, de acordo com esta, vislumbra o exílio dos judeus como sendo um castigo causado pelos seus pecados. A redenção poderá ser obtida apenas pela penitência e pela oração. O judaísmo apela a todos os judeus que obedeçam integralmente à Torah, incluindo o mandamento que os obriga a serem cidadãos patriotas.

O sionismo rejeita o Criador, a Sua revelação, as Suas oferendas e a Sua penitência. Entre os seus frutos encontramos a perseguição do povo palestino bem como a ameaça física e espiritual em que coloca o povo judeu. Encoraja a traição e a dupla lealdade entre os ingénuos judeus espalhados pelo mundo. O sionismo encara, de raiz, a realidade como algo estéril e desprovido de santidade. É uma antítese ao judaísmo da Torah.Existe uma vil mentira que persegue o povo judeu por todo o globo. Uma mentira tão hedionda e tão distante da verdade que só ganhou popularidade devido à cumplicidade de forças poderosas existentes na comunicação social e no aparelho educativo do ?sistema?.

É uma mentira que trouxe um sofrimento sem antecedentes a muitas pessoas inocentes e que se não for rebatida tem o potencial de dar origem a uma tragédia extraordinária no futuro. É a mentira que afirma que o judaísmo e o sionismo são idênticos. Nada poderia estar mais longe da verdade. O judaísmo é a crença nas revelações do monte Sinai. É a crença de que o exílio é o castigo originado pelos pecados judeus. O sionismo tem vindo a negar, há mais de um século, as revelações de Sinai. Acredita que se pode dar por terminado o exílio judaico por meio da agressão militar.

O sionismo passou o último século a expulsar estrategicamente o povo palestino. Ignorou as suas justas argumentações e sujeitou-os à perseguição, à tortura e à morte. Judeus seguidores da Torah por todo o mundo encontram-se chocados e penitenciam-se por este breve dogma de irreligiosidade e de crueldade. Milhares de santos e de catedráticos da Torah condenam este movimento desde o seu surgimento. Sabiam que as anteriores boas relações entre os judeus e os muçulmanos na Terra Santa estavam destinadas a ser afectadas pelo avanço do sionismo.

O proclamado ?Estado de Israel? mantém-se rejeitado em fundamentos religiosos com base na Torah. A sua monstruosa insensibilidade para com as leis mais básicas da decência e da justiça chocam qualquer ser humano, seja ou não judeu. Nós da Neturei Karta temos estado na frente da batalha contra o sionismo há mais de um século. A nossa presença serve para refutar a mentira basilar de que o mal, que é o sionismo, de algum modo representa o povo judeu.O que sucede é o oposto.

Entristecemos todos os dias com a terrível contagem de mortes que emana da Terra Santa. Nenhuma delas teria ocorrido se o sionismo não tivesse soltado as suas energias maléficas sobre o mundo.Como judeus temos o dever de viver pacificamente e em harmonia com todos os homens. É-nos pedido que sejamos cidadãos tementes à lei e patriotas em todas as terras.

Condenamos as actuais atrocidades sionistas levadas a cabo na Terra Santa. Ansiamos pela paz baseada no respeito mútuo. Estamos convencidos de que este respeito mútuo está condenado a não existir enquanto existir um Estado israelita. Ansiamos pela sua abolição de um modo pacífico. Que possamos ser dignos da verdadeira redenção quando todos os homens se unam irmãmente em Sua adoração.

Fonte: Obs: várias fontes do site: sionismo.net


Postagens Relacionadas:

Os “Ultimos dias” e o que diz a Bíblia realmente !

Jerusalém Física com Relógio de Deus e a Grande Conspiração Religiosa

Os Decaídos e a Linhagem Reptiliana Segundo os Espíritos

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !