Digite seu E-mail:

Assine o Feed

Jesus cumpriu a Lei de Moisés na Cruz ou as Profecias Messiânicas?

jesus-cumpriu-a-lei-na-cruz

Lei de Moisés na Cruz

Hoje muitas pessoas afirmam nitidamente que Jesus cumpriu toda a lei de Moisés na cruz, são diversas comunidades e crentes que passaram a ver assim, tais fatos de cinco anos para cá, o que não deixa de ser bom, ao ponto de tais comunidade terem abandonado certos conceitos e suas fascinações pelo velho testamento. Más esse movimento se deu por iniciativa de um vídeo meu, que serviu de base para outros de outros cristãos sobre o mesmo tema: “Jesus aboliu a lei de Moisés ?”.

Este meu vídeo fez muito sucesso aqui, como nos Estados Unidos, onde fez uma grande revolução na teologia de lá. Graças a Deus. Más como o material era um resumo e eu tinha que apresentar um ideia dentro de um tempo limitado pela música, algumas questões apenas exemplificadas foram levada de forma absoluta por muitos ao qual percebi com o tempo, gerando essa crença, de que Jesus teria cumprido por nós a lei na cruz. Vamos aqui apenas corrigir isso tomando sua sentido real das palavras de Jesus.

O Velho Testamento revogado por Jesus

Em primeiro lugar quero deixar claro que a interpretação não é minha, más do estudioso espírita Paulo da Silva Neto Sobrinho de Jun/2001. Vejam: O Velho Testamento foi revogado por Jesus?

Eu apenas como disse Jesus fiz o papel da "boa terra", que recebe a "boa semente" e dá muitos frutos. É claro que no vídeo acrescentei algumas coisas minhas, quanto a questão das "obras da lei" confundida por Martinho Lutero. O vídeo é este no you tube: Jesus aboliu a Lei de Moisés ? – YouTube.

Como tive problema no Youtube, fica aqui o link do mesmo vídeo, más com o áudio: The Gospel of Jesus Christ or Moses' law on Vimeo.

Más vamos aqui ao que interessa !

No vídeo, quanto ao cumprimento de Jesus na lei, do que se referia a ele mesmo, deixei o exemplo na cruz de (Marcos 15:27 e 28), e isso foi tomado como a visão unânime sobre o assunto, por muitos cristãos.

As Profecias Messiânicas na Leis

missianicas-profecias

Como já expliquei, foi uma visão limitada ao qual muitos passaram a crer como absoluta, mais a visão correta é; quando citei de que ele cumpriu aquilo na lei que se referia a ele mesmo, apenas afirmava que ele veio a cumprir aquilo que as profecias falavam dele no passado, ou seja; as “profecias messiânicas”.

É essa a verdadeira intepretação das palavras de Jesus, ainda mais que as leis de Moisés eram cruéis, como no caso do "olho por olho e dente por dente" e o "apedrejamento de homossexuais e mulheres adulteras".

Por isso que afirmar que Jesus cumpriu por nós a lei de Moisés na cruz é um verdadeiro sacrilégio e admitir pecados á sua pessoa em sua missão messiânica. E ainda mais, segundo a visão de muitos que, que para estarmos dignos diante de Deus, deveria de qualquer forma ser cumprida tal lei, que neste caso; foi por Jesus em nosso lugar.

Vamos lá :

"E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos." (Lucas 24:44). Semelhante em (Lucas 24:27)

- Como vemos “tudo que de mim estava escrito” como ocorreu, até o último til, e como vemos abaixo outros fatos que se cumpriram com ele e não somente a passagem na cruz ao qual deixei de exemplo, e que muitos passaram a ver de uma forma limitada.

Profecias Messiânicas:

"Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco." (Mateus 1:22,23)

"E eles lhe disseram: Em Belém de Judéia; porque assim está escrito pelo profeta:" (Mateus 2:5)

"Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos." (Lucas 4:21)

"Para que se cumprisse a palavra que tinha dito: Dos que me deste nenhum deles perdi." (João 18:9)

"Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías, que diz: Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e levou as nossas doenças." (Mateus 8:17)

"Não falo de todos vós; eu bem sei os que tenho escolhido; mas para que se cumpra a Escritura: O que come o pão comigo, levantou contra mim o seu calcanhar." (João 13:18)

"E, havendo eles cumprido todas as coisas que dele estavam escritas, tirando-o do madeiro, o puseram na sepultura;" (Atos13:29)

Ou seja; fatos que ocorreram desde o seu nascimento, vida, obras, morte e ressurreição, e que foram previstas descritas nas Leis de Moisés, nos Profetas e Salmos e se cumpriram nele como afirmam diversas passagens dos evangelhos.

Cumprir a Lei e os Profetas

a-lei-e-os-profetas

Portanto; quando Jesus dizia cumprir a lei e os profetas, ele apenas testificavam que as profecias do messias estavam se cumprindo com ele, portanto; ele era o verdadeiro enviado.

Quando os evangelhos sempre utilizam o termo "lei", esta se referindo á lei de Moisés, que era uma junção de leis humanas (cerimoniais e civis), com as leis divinas (10 mandamentos).

As leis cerimoniais são caracterizada pelas crenças e ordenanças ritualísticas, e as leis civis eram as regras civis nacionalistas que se modificam com o tempo em concordância com o desenvolvimento dos povos. Como no caso do apedrejamento de mulheres adulteras que numa sociedade mais desenvolvida segue-se outros caminhos mais racionais e juristico.

Somente as profecias messiânicas é que ele cumpriu até o último til em sua missão. E mesmo aquilo que era divino, como no caso de "não matarás" ele aperfeiçoou "afirmando que não devemos nem irar-se contra um irmão".

As leis divinas ele as cumpriu em seu exemplo de pessoa e profeta, e as sancionou como regras, ás aperfeiçoando para um novo tempo, resumindo-as em duas.

Os defensores da lei

judaismo-messianico-defensores-da-lei

É muito normal encontra-mos puristas filosóficos das escrituras em defendam a lei, como "boa" (1 Timóteo 1:8), como afirmou Paulo; e claro que ela foi boa; para o desenvolvimento daquelas almas pequenas no entendimento que ainda necessitam apenas do leite ao invés do alimento sólido naquela época. (Hebreus 5:14).

E tal resistência a libertação da lei encontramos entre os judeus messiânicos que por seus apegos, ainda não se libertaram definitivamente do judaísmo, pois creem no evangelho e o aceitam como o messias verdadeiro, más ainda circuncidam seus filho e seguem outros rituais das obras da lei.

"Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído." (Gálatas 5:4)

"Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;" (Gálatas 3:13)

- E assim é muito natural muitos afirmarem; ora; então se Jesus aboliu a lei, quer dizer que agora eu posso matar e adulterar ?

É claro que não; pois se você mata, rouba, adultera e inveja seu semelhante; você viola a lei do "amor ao próximo". Lembremos:

"Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes." (Marcos 12:30,31)

a-lei-de-cristo-evangelho

O Universalismo das coisas

Não há como seguir a Boa Nova sem aceitar as diversidades, mesmo existindo os adultos, há necessidade de existir no mundo os adolescentes e crianças. Por isso que algumas pessoas em sua pequenez visão espiritual, tentam adquirir créditos ou ajudar cristo, com suas ambições em salvar almas, tentando converter a tudo e a todos sem levar em conta a limitação de tal pessoa no seguir outras ideias.

Isso acaba sendo mais mal do que bom, pois é nada a mais que loucura e fanatismo e a violação das consciências alheias nada mais é do que a falta de caridade. Toda criança se tornará adulta um dia, e ditador; é querer suprir as fases de experiências e descobrimento que tal fase infantil a alma deve passar, ao quere torna-la adulta de uma hora para outra. Quem faz isso viola a a lei de Deus, pois é a lei do progresso é para todos.

Jesus ao afirmar que não veio destruir a lei, dava este exemplo; pois caso contrário poderíamos dizer de si, que teria dado fim a própria religião judaica. Más não; a sancionou como um pedestal onde diversas almas á utilizariam como escola para seus aperfeiçoamentos e que mesmo dela bons frutos se aproveitam, por isso ele usa o termo no apocalipse "dizem ser judeus e não são" (Apocalipse 2:9). Pois toda religião tem seus bons frutos como os maus.

Portanto para concluir e finalizar; Jesus cumpriu a lei por nós na cruz ?

Não !

Jesus só cumpriu as profecias messiânicas e sancionou aquilo que era divino ao uso de forma mais atual para sua boa nova. Simplesmente porque as leis de Moisés em grande parte eram humanas e levavam até mesmo aos preconceitos, machismo e até a assassinatos (Romanos 7:5).

Portanto; O Evangelho nada mais é do que uma revisão da antiga lei, só que sem as ordenanças de origens humanas. Espero que agora seja tudo esclarecido e corrigido por muitos tal ponto de vista.

Abraços !

Autor: Valter J.Amorim (Aquárius 2036)


Postagens Relacionadas:

A Figueira continua sendo Israel ou é a Igreja ?

Israel – A Nação Rebelde Cujo o Deus não é o SENHOR !

Fé e Obras são as Regras do Evangelhos ?

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !