Digite seu E-mail:

Assine o Feed

Pentágono pode ter usado Arma Cinética contra Tianjin, para evitar Colapso Financeiro Americano ?

uso-de-armas-cinetica-china-pelos-eua

A arrogância das nações poderosas do mundo que detêm seus ricos poderios bélicos em junção aos seus interesses exo-políticos, possivelmente são capazes  de tudo, para a manutenção destas hegemonias. Principalmente quando citamos aqui os Estados Unidos da América.

Por isso as especulações ou supostas teorias das conspirações por razão não devem ficar sempre no campo das crendices ilusórias, levando em consideração na verdade; de que tudo pode ser possível.

No dia 12 de agosto deste ano explosões misteriosas atingiram Binhai em Tianjin, na China causando 50 mortos e mais de 700 feridos.

Hoje; algumas especulações sugerem que os E.E.U.U poder terem usado uma arma cinética contra a China neste incidente em Tianjin, como forma de prevenirem uma suposta ascensão da moeda chinesa.

O Incidente em Tianjin

inferno-em-Tianjin-china

A cidade de Tianjin é uma das maiores do país e conta com 7, 49 milhões de habitantes. O porto de Binhai New Area situado a cerca de 170 quilómetros é o principal abastecedor da cidade de Pequim. A onda de explosões chegou a sentir-se até dez quilómetros de distância.

Muitos sites norte-americanos e inclusive muitos chineses estão a especular que a explosão Tianjin foi um ataque preventivo de armas espaciais dos EUA envolvendo a tal conhecida: vara de Deus. Uma arma secreta ali deixada em orbita por algum avião ou missão espacial. As evidências seria a cratera deixada no lugar do impacto, que indica uma explosão pelo menos de cinco quilotons, possivelmente um artefato lançado do espaço diz o Unhived Mente.

a-vara-de-deus

O site naturalnews informou que alguns de seus contatos chineses disseram têm razão para acreditar que o ataque em Tianjin foi um tiro de advertência dos Estados Unidos, que está com medo da China, que está à beira de anunciar a sua própria moeda lastreada em ouro, enquanto que declara vendas de ações em explorações de dívida dos EUA.

As ações entrariam em colapso do dólar norte-americano e destruiria a economia dos EUA, enviando os Estados Unidos á uma queda livre de sua econômica. A implantação arma "vara de Deus" pelo Pentágono norte-americano, seriam para fins como estes. Foi "tiro através de alerta" dos Estados Unidos enviando uma mensagem de advertência poderosa para a China, enquanto disfarçam o ataque como uma explosão química doméstica.

satélite-vara-de-deus

A "vara de Deus"; consiste principalmente de uma arma cinética, ou melhor; com uma energia cinética inimaginável ... mais do que uma pequena arma nuclear tática.

explosões-em-Tianjin-china

tianjin-explosões-arma-cinetica

"Depois de olhar através das imagens dos ensaios nucleares soviéticos, o novo lago na China parece ter sido feito por uma explosão de superfície com pelo menos, uma bomba nuclear 5 kiloton ... Este não foi um padrão de fratura observado ao redor da cratera, prova um sub estouro no terreno. Se fosse uma explosão sub solo, em seguida, uma pequena arma nuclear é a maior possibilidade porque uma vez que uma bomba nuclear tem que empurrar a sujeira, o clarão ofuscante não ocorreria. A detonação ligeiramente sob a superfície seria explicada por sensores de câmera que infelizmente não conseguiram captar nenhum artefatos estranhos caindo. E se não fosse uma arma nuclear, era uma outra coisa incrivelmente enorme, mas não uma bomba de ar e combustível, pois as bombas de combustível e de ar não deixam crateras. "

cratera-Tianjin

Armas Espaciais cinéticas ao atingirem alvos são explicados pela revista Popular Science neste artigo a partir de 2004:

Quando detonada a partir do solo, o satélite alvo comanda seu parceiro á disparar um de seus dardos. As hastes guiadas entram na atmosfera, protegida por um revestimento térmico, viajando a 36.000 pés por segundo-comparável à velocidade de um meteoro. O resultado: a completa devastação do alvo, mesmo que seja enterrado no subsolo profundo.

armas-cineticas-usa

"Quando necessário esses projéteis pode ser comandado a mergulharem, individualmente ou em massa, em alvos na superfície da Terra, esmagando os alvos pela velocidade orbital. Como a energia cinética do projétil lançada, a explosão seria equivalente a uma grande bomba convencional ", explica Armaghplanet.com.

tianjin-mapa-impacto

Como vemos por este desenho acima; do local do impacto das explosões potentes, percebe-se um grande alastro dessa energia, que destruiu milhares de carros, já numa longa distancia. Como é normal das bombas nucleares.

O governo chinês pôs em vigor precedentes sigilos em torno da misteriosa explosão, com as táticas agressivas da polícia estadual estão agora a ser invocada para controlar o fluxo de informação em torno deste evento.

Tanto antes como depois da explosão maciça, o governo chinês tem enviado "helicópteros negros" em formação em toda a Pequim. Os helicópteros começaram a voar depois da explosão, mas foram corrigidos quanto a este ponto, como testemunhados que avistaram tais helicópteros no céu dias antes da explosão também).

China-elecopteros-negros-em-Tianjin

Parece que estamos envolto em um novo tipo de armagedom, num tipo de guerra limpa sem contato direto, onde tais nações jogando em seus tabuleiros contra outras nações, brincam com a vida de milhares de pessoas.

Pois que sempre perde é a população civil, usada neste tipo de guerra cambial, como números descartados.

Segundo dados atualizados são116 mortos, 60 estão desaparecidas e 700 feridos.

vara-de-deus

Os principais países estão envolvidos em guerras cambiais, enquanto que um país desvaloriza sua moeda, a fim de baixar o preço e vender mais de suas exportações. Esta ação é acompanhada por outros países em uma "corrida para fundos". Muitos países estão certamente antecipando esta corrida para aquecer continuamente seus capitais, e assim; a verdade é que a China assustou Washington DC, tanto que a administração Obama decidiu atingi-los com uma arma espaço? Não sabemos o que está por trás destes eventos é muito difícil explicar.

explosões-china-Tianjin

O Cronograma dos Eventos da China se dá assim:

11 de agosto de 2015: China desvaloriza o Yuan de 1,9%, com um envio de "de choque" ao redor do mundo, desencadeando um impacto "devastador" para a economia dos EUA.

12 agosto de 2015: Tianjin possivelmente á atingida por uma arma segreta "vara de Deus" do Pentágono, uma que estaria em órbita á atacar qualquer alvo em terra. A arma destrói instantaneamente seis quarteirões da cidade na borda da cidade de Tianjin, enviando uma mensagem para a China, que é assustadoramente semelhante a enviada pelos Estados Unidos com a primeira arma atômica do mundo em Nagasaki na Segunda Guerra Mundial. (Sim, os EUA estão disposto a disparar as armas de destruição em massa nas populações civis. Ele já fizeram isso duas vezes!)

16 ago 2015: Obama emite um aviso interno "... sobre a presença de agentes do governo chinês que operam secretamente nos Estados Unidos", relata o The New York Times. "E ele vem em um momento de crescente tensão entre Washington e Pequim, em uma série de questões: desde o roubo de computadores de milhões de funcionários do governo com arquivos que as autoridades americanas suspeitam que foi dirigido pela China, pela repressão da China sobre as liberdades civis, à desvalorização do sua moeda. "

Fonte: NATURALNEWS.COM


Postagens Relacionadas:

A Arrogância dos EUA irá destruir seu “IMPÉRIO”

Ebola: vírus criado pela engenharia genética da Elite

Dragão Chinês e Urso Russo Cortam Garras da Águia Americana

2 comentários:
  1. ...dinheiro para o planeta para fins pacíficos mesmo,nada.

    ResponderExcluir
  2. Armas são futuro, só q essas belezinhas tem q ser usadas nas pessoas certas, não em inocentes apenas por meios financeiros

    ResponderExcluir

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !