Digite seu E-mail:

Assine o Feed

A Abominação da Desolação do Profeta Daniel e o Anticristo

abominação-desolação-de-daniel

Fujam para os Montes

Uma das profecias mal interpretada por muitos cristãos e em maioria protestantes ainda hoje é a abominação da desolação do profeta Daniel e que muitos não á compreendendo seu fator temporal dentro da história dos povos e pelas falsa compreensões teológicas; criaram um certo misticismo a este respeito e para piorar mais ainda as coisa; interruptam o andamento profético das profecias somente se encaixar em suas teorias apocalípticas. Vamos entender duma vez por todas essa profecia; colocando de vez uma pedra no assunto e mostrar a você caro leitor de como essa interpretação futurista é perigosa para a fé cristã.

Os dois lados das Profecias

“Assim diz o Senhor: Eis que ponho diante de vós o caminho da vida e o caminho da morte. “ (Jeremias 21:8)

- Profecias são avisos do que podem acontecer se as pessoas não mudarem suas atitude; e se mudam as profecia acabam não se cumprindo. (Jonas 3:10). Portanto; por isso partimos da ideia de que o futuro pode ser mudado e muitas as profecias apocalípticas não se cumprirem, assim como esta abominação da desolação não deveria ter ocorrido com a nação judaica.

A Abominação da Desolação

abominação-desolação

“E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações. “ (Daniel 9:26)

- A profecia diz; “destruirá a cidade e o santuário” e afirma; “e os seu fim e até o fim” guerra e assolações.

Jesus faz referência á esta profecia da abominação de Daniel em (Mateus 24:15) e em (Marcos 13:14), declarando a seguinte conclusão: “estar onde não deve estar”, portanto é claro que a referência tanto de Jesus e Daniel é a Israel. O lugar santo onde não deveria ocorrer aquilo; pois em outras profecias antigas se previa sua acessão política e militar (Zacarias 12:2,3)e não sua queda.

E concluindo o que afirmamos lá em cima; não aceitando o messias; as profecias de sua ascensão é claro que não deveriam se cumprir !

Portanto a bíblia sobre o reino de Israel prevê dois caminhos; ou o da abominação desoladora com sob a édge do Anticristo ou o da sua ascensão política e espiritual.

A Três Medidas e o Fim

jesus-três-medidas

O termo “Abominação” significa “ profanar” em junção da palavra “desolação” (Ezequiel 15:8) nos dá outra conclusão além de holocaustos á deuses estranhos, más á invasão de um lugar santo a força e sua destruição como ocorreu no ano 70 dc.

E isso não acaba por ai, pois segundo Daniel em 70dc se estabeleceria esta abominação (Daniel 11:31), dando uma ênfase á continuidade e na verdade foi o que ocorreu; pois as guerras-judaicas romanas se deu em três fazes, juntamente como profetizou Jesus (Lucas 13:21).

O Assolador e o AntiCristo

O apóstolo Paulo faz referência aos judeus de seu tempo como anticristo; por não aceitarem Jesus como o Messias encarnado (1 João 2:18), más se refere também á um maior que se estabeleceria como líder político e religioso (1 João 4:3).

Após a transição da era judaica para a cristã iniciada com Roma (Mateus 21:43) o templo de Deus passou a ser a igreja romana segundo a visão popular e ali se estabeleceu o papado romano. Como foi previsto pelo apóstolo Paulo (2 Tessalonicenses 2:4).

Pois na verdade o poder da igreja primitiva acabou sendo usurpado pela igreja romana como previa a profecia de Daniel (Daniel 12:7) e reinaria por 1260 dias “anos”, a ferro e força levando repreensão e perseguição á verdadeira igreja. Más que segundo o livro de apocalipse (Apocalipse13:7) era uma permissão divina.

O Futuro Anticristo

anticristo-cristão

Portanto para finalizar-mos; o Messias já veio e afirmar que as profecias sobre a redenção de Israel não se cumpriram é o mesmo em afirmar que Jesus ainda não encarnou no mundo.

Assim como o Anticristo bíblico, e afirmar que um suposto filho da perdição moderno sentará no terceiro templo em Jerusalém é uma piada escatológica !

Pois Israel hoje não representa a VINHA destinada a pregar a atualizada palavra de Deus (evangelho), e sim a Igreja “Israel espiritual” em partes centrado hoje nas denominações que se corromperam, vendendo o cristãos á morte por doutrinas como “prosperidades” e outras semelhantes, assim a escatologia do “relógio de deus”, que faz o público cristão serem a favores de massacres aos povo árabe e palestinos, promovido pelo SIOINISMO e USA (As novas bestas apocalípticas).

Portanto: Todos os sinais da tribulação ou Abominação da desolação se cumpriu sobre o antigo reino de Israel ?

Os Sete Sinais da Tribulação

Jesus-na-glória-do-pai

* A vinda de falsos profetas (Marcos 13:22) = sim !

1 - Segundo o que descreve Flávio Joséfo em seus escritos, assim Simeon BarKokba que se intitulação um enviado divino (messias).

* A lua sem dar sua luz e a estrelas caindo do céu (Marcos 13:24,25)= sim !

2 - Simbolicamente a ira divina como descrito também contra a Babilônia e Egito (Isaías 13:10) (Ezequiel 32:7).

* O aparecimento de guerras e terremotos (Marcos13:8) = sim !

3 - Segundo Flávio Joséfo dois terremotos um na crucificação e outro na ressurreição e um outro em 67dc como prenúncio da guerra.

* Cristãos sendo perseguidos nas sinagogas(Marcos13:11) = sim !

4 - As cartas de Paulo são unânimes destes fatos (1 Tessalonicenses 2:15)(2 Timóteo 2:9)(2 Timóteo 3:11)

* O evangelho terminado de ser pregado em todo aquele mundo (Marcos 13:10). = sim !

5 - Todo mundo era uma referência aquele mundo antigo e não todo o planeta como é descrito em (Jeremias 51:7)(Atos 2:5) e (Romanos15:19)

* E o envio de Anjos á igreja para a separação (Marcos 13:27). = sim !

6 - Como já expliquei isso ocorre na época da igreja primitiva antes da tribulação (Hebreus 1:14).

* O filho do homem vindo na glória do Pai (Marcos 13:26)= sim !

7 - A segunda vinda e na glória ou melhor; como Deus vinha no antigo testamento para julgar as nações corruptas (Isaías 19:1).

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

- Portanto antes do fim do antigo reino de Israel no ano 135dc todos os sinais proféticos, pela abominação da desolação com sua queda se cumpriram e isso é fato !

Autor: Valter J. Amorim (Aquárius 2036)


Postagens Relacionadas:

A Grande Tribulação, Arrebatamento e o Fim dos Tempos de Israel

Os 144 mil remidos no Monte Sião e a Israel Espiritual

A Figueira continua sendo Israel ou é a Igreja ?

A Farsa da Construção do Terceiro Templo em Jerusalém !

Israel – A Nação Rebelde Cujo o Deus não é o SENHOR !

2 comentários:
  1. Querido ! Não sei se vc percebeu ... MAS ABOMINAÇÃO DA QUAL NUNCA HOUVE E A DE VIR SOBRE TODO O MUNDO SÓ PODE OCORRER UMA VEZ!!!!! SE ESSA ABOMINAÇÃO NÃO FOSSE ABREVIADA POR CAUSAS DOS ESCOLHIDOS NENHUMA CARNE SOBREVIVERIA !!!! NÃO PASSARÁ AQUELA GERAÇÃO SEM QUE TUDO ISSO OCORRA !! QUEM PERSEVERÁ ATÉ O FIM SERÁ SALVO !!! PESQUISE IRMÃO !! AS PALAVRAS DE JESUS IRÃO SE CUMPRIR PRO TEMPO DO FIM!! OS ULTIMOS 1260 DIAS 3 ANOS E MEIO . GRAÇA E PAZ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Marcio; a abominação descrita por Daniel e citada por Jesus como Grande Tribulação, é uma referência á guerra e invasões sobre Jerusalém que ocorreu no ano 70 dc, Flavio Josefo, historiador Judeu e que participou desta guerra contra sua nação como soldado romano afirmou:

      “De todas as guerras que se travaram, quer de cidade contra cidade, quer de nação contra nação, o nosso século ainda não viu outra tão grande”

      Não poderia ser uma referência ao fim do mundo, porque simplesmente, pelo fato de se refugiarem nas montanhas poderia salvar suas vidas como Jesus os aconselhou.

      Os mil 1260 dias, estão fora deste período (tribulação), que marcam o fim de um período (igreja romana).

      Veja meu artigo sobre a besta do apocalipse e entenderá !

      Abraços..

      Excluir

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !