Digite seu E-mail:

Assine o Feed

Relógio moderno encontrado em tumba de 400 anos e as possíveis provas de Viagens no Tempo

relógio-moderno-tumba-antiga

Relógio moderno em tumba de 400 anos

Há um grande número de artefatos incríveis abandonados, em porões esquecidos dos maiores museus de história natural do mundo. E quem sabe a chave para um dos maiores mistérios da humanidade. Artefatos estranhos e improváveis ​​de serem encontrados em seu tempo, estudados e descartados são mais comuns do que a maioria das pessoas sabem.

artefato-moderno-no-passado

Milhares de coisas foram descobertas que argumentam contra a ordem natural que os cientistas têm considerado como o registro oficial da ascensão da humanidade.

Entre eles estava a descoberta notável de uma pedra embutida com um plugue de três pinos que é cerca de 100.000 anos de idade.

viagem-no-tempo-

No livro "Viagem no Tempo de : Uma Nova Perspectiva", autor JH Brennan discutiu a possibilidade de que muitos de nossos artefatos são prova da viagem no tempo.

"Espalhadas por todo o mundo são objetos que não poderiam pertencer ao período de tempo em que foram encontrados. Uma pegada humana contemporânea com os dinossauros? Os restos de esqueletos de homens e mulheres muito antes de a humanidade apareceram no planeta?

relógio-moderno-no-passado-em-tumba

Esta teoria nos leva a um objeto de curiosidade que foi descoberto por arqueólogos uns anos atrás. Em dezembro de 2008, arqueólogos chineses abriram o caixão gigante dentro do que se acreditavam estar intacta, com 400 anos de idade túmulo Si Qing em Shangsi County. Os cientistas acreditavam que eles foram os primeiros a visitar o túmulo da dinastia Ming em Shangsi, no sul da China, desde o funeral, mas tudo que indica é que alguém tinha estado lá antes deles.

Quando eles removeram o solo em torno do caixão, eles ficaram chocados e surpresos ao descobrir : Um pequeno pedaço de metal em forma de um relógio.

O relógio em miniatura em forma de um anel marcado 'suíço'. O misterioso relógio estava incrustado na lama e pedra e tinha parado 'às 10:06 am. A questão mais intrigante é, sem dúvida, como um relógio pode acabar dentro de uma sepultura antiga?

relógio-moderno-viagens-tempo

Relógios não estavam presentes no momento da Dinastia Ming e a Suíça nem sequer existia como um país, afirmou um especialista.

"Quando tentamos remover o solo enrolada em torno do caixão, de repente, um pedaço de rocha caiu fora e bateu no chão com um som metálico '", disse Jiang Yanyu, ex-curador do Museu de Guangxi. "Pegamos o objeto, e achei que era um anel. Após a remoção da cobertura do solo e examinando-a ainda mais, ficamos chocados ao ver que era um relógio ", acrescentou.

- Teria algum viajante do tempo, o-esquecido naquele local ?

Esqueleto moderno no passado

Outra de muitas descobertas insólitas que poderia botar em cheque a teoria da evolução foi descoberta em 1913, pelo professor Hans Reck, da Universidade de Berlim, que conduziu investigações em Olduvai Gorge (Garganta de Olduvai), na Tanzânia, Leste da África, na época, pertencente à Alemanha.

professor-hans-reck

Durante sua estadia em Olduvai Gorge, Reck encontrou um esqueleto humano anatomicamente moderno que permanece uma fonte de mistério e controvérsia até hoje.

esqueleto-moderno-de-milões-de-anos

Os restos do esqueleto humano, incluindo o crânio inteiro, estavam incrustados na rocha, e tiveram que ser removidos com martelos e talhadeiras.

cranio-moderno-insólito

Ele foi encontrado na parte superior de uma formação rochosa com datação superior a 1.000.000 de anos de idade.

esqueleto-de-Hans-Reck

Fica mais mais uma pergunta - Como este humano moderno veio parar 1.000.000 de anos no passado?

Tiros nos passado

Em 1921, o Museu Britânico recebeu um crânio humano achado por trabalhadores que exploravam uma mina de zinco, situada na colina de Broken Hill, no Zambia (antiga Rodesia do Norte).

Os paleontólogos chamaram-no de "Homem de Broken Hill" ou "Homem da Rhodesia".

Trata-se de um homem moderno: da raça Cro-Magnon, que viveu há seis ou sete mil anos.

caveira-baleadas

Ele pertence a um indivíduo alto e de idade avançada para a época: uns cinquenta anos de idade.

E a segunda, mais inexplicável ainda, no lado esquerdo da caveira havia um buraco redondo de bordo plano. A limpeza da ferida sugere que foi causada por um projetil em alta velocidade, como uma bala.

No outro lado a caveira está destruída como por ação do projetil ao sair do crânio.

Segundo o professor Mair, de Berlín, parecem buracos de entrada e saída exatamente iguais aos que deixaria uma bala moderna.

tiro-caveira-no-passado

Existe a caveira de um uro (tipo de bisonte extinto) que foi encontrado próximo do Rio Liena, na URSS

Ela apresenta um buraco perfeitamente redondo e polido, parecido uma ferida de bala. O uro viveu ainda muitos anos depois de ser ferido.

caveira-bison-baleada-pré-história

Esse são alguns fatos curiosos que deixa loucos os teóricos da arqueologia ortodoxa, mais segundo JH Brennan, as viagem no tempo não é apenas teoricamente possível, mas que as gerações futuras já podem estar envolvidas nela ".

Conclusão Aquárius

Baseando-se no que tende a revelar o estudo da gênese da humanidade segundo algumas revelações espíritas, como por exemplo o próprio espírito Ramatís, na obra o Astro Intruso, diz ele referindo ao que conhecemos como fim do mundo ou fim cíclico da humanidade que sempre ocorre pela passagem do Astro Intruso.

Após este términos de ciclos, a humanidade sempre é reduzida á um quase nada, não sobrando muito das antigas sociedades cientificas e industrializadas, onde aqueles que sempre sobrevivem devem recomeçar tudo do começo pelo puro primitivismo.

Segundo Ramatís, este fins de ciclos já ocorreram diversas vezes em nossa morada planetária, e o que vemos hoje de civilização, já existiu no passado diversas vezes. Somente esta teoria plausível para explicar a conclusão de muitos arqueólogos que sempre se depararam com certas perguntas que são ocultas no meio ortodoxo da arqueologia, onde muitos chegaram a conclusão de ter existido, pré-história, embaixo de outras pré-histórias, no estudo do mundo fóssil.

Então possivelmente algumas dúvidas sobre certos objetos encontrados fora de seu tempo, podem ser explicados por essa realidade, más nem tudo é claro !

Onde muitas provas ainda induzem a visita dos supostos viajantes do tempo ou até mesmo dos visitantes de outras civilizações do cosmo.

- Valter J.Amorim

Fontes: Diversas


Postagens Relacionadas :

O Astro Intruso segundo o Espírito Ramatís

Viajantes do Tempo, Seria Possível ?

John Titor: o Soldado e Viajante de 2036

Viajar no Tempo seria possível ?

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !