Digite seu E-mail:

Assine o Feed

As prisões temporárias dos Dragões na África e na Lua

Os Dragões aprisionados na África e na Lua

dragões reptilianos satanas

Em nosso século decorrente na época das e 2ª guerras mundiais, sob o domínio do Poder dos Dragões, milhares de encarnações foram notadas na Europa e sabendo-se por antecedência no que se daria no futuro pela reunião carnal de certas entidade de volta a carne. A espiritualidade maior representada na época de Jesus, por ele mesmo já previa grande acontecimento espiritual.

”Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo.” (Apocalipse 20:2-3)

No astral inferior, existem submundos onde os espíritos organizados estão sob a tutela hierárquica dos caídos, que também se auto intitulam-se também pelo mesmo nome de seus chefes maiores como Dragões. Essa colocação sob o ponto de vista essencial destes seres possui um fator correlacionado, pois suas características espirituais adquiriram já uma metamorfose reptiliana em seus corpos espirituais, pelas diversas quedas constantes.

Segundo a espiritualidade  o homem não tem, nem sequer supõe da extensão destas nações astrais organizadas no submundo, pelo poder do mal, que sob o clima dos conflitos bélicos deste tempo, acabou sendo criado um intercambio satânico sobre a face da terra.

Lembremos aqui que grande parte destes espíritos que estavam organizadas por séculos nestas região, limitando essa regiões como prisões. Mais não como muitos entendem, pois ali se organizam, plasmando suas cidades que na verdade são verdadeiras Sodoma e Gomorra espirituais, onde a desordem reina.

Chico Xavier e a Cidade Estranha

cidade no umbral chico xavier

Emmanuel conduziu o duplo-astral de Chico Xavier a uma imensa “cidade espiritual”, situada numa região do Umbral. Que lhe pareceu extremamente inferior .

Era uma “Cidade Estranha” não só pelo seu aspecto desarmônico e antiestético, como pelas manifestações de luxúria, degradação de costumes e sensualidade dos seus habitantes, exibidas em todos os logradouros públicos, ruas, praças etc.

Emmanuel informou a Chico que aquela vasta cidade era governada por entidades mentalmente vigorosas, porém negativas em termos de ética e sentimentos humanos. Eram esses maiorais que davam as ordens e faziam-se obedecer, exercendo sobre aquelas entidades um poder do tipo da sugestão hipnótica, ao qual tais espíritos estariam submetidos, ainda mesmo depois de reencarnados.

Pelas ruas da referida cidade estranha, desfilavam, de maneira semelhante a cordões carnavalescos, multidões compostas de entidades que se esmeravam em exibições de natureza pornográfica, erótica e debochada. Os maiorais eram conduzidos em andores ou tronos colocados sobre carros alegóricos, cujos formatos imitavam os órgãos sexuais masculinos e femininos.

Fim dos Tempos

karmicamente estes espíritos deveriam ali, reclusos permanecem por muito tempo, mais em épocas de fim de tempos, é permitida pela espiritualidade a libertação destas entidades para as encarnações na terra como suas últimas oportunidades, pelo processo chamando de reencarnações forçadas, e com a volta destas idéias baixas na superfície da terra pouco a pouco, a imoralidade passa a se fazer presente entre as culturas e nações em larga escala, criando-se assim pelas natalidade não controladas, mais a frente, verdadeiros portais para mais reencarnações destes. E para todos na verdade, um ultimo teste !

“Quem é injusto, seja injusto ainda; e quem é sujo, seja sujo ainda; e quem é justo, seja justificado ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.” (Apocalipse 22:11)

Lembramos que estas cidades são organizadas segundo o padrão moral de seus cidadãos, e não existindo somente espíritos ligados as paixões da carne, mais assassino, e muitos outros, como também o caso de entidades totalmente inteligentes voltado ao ciência,  que na terra na época destas duas grande guerras, foram os cientistas do mal, liderados pelos Magos Negros, a serviço dos maiorais.

Dragões e o Nazismo

nazismo e os dragões

Os grande estadistas, cientistas do mal, chefes militares e outros eram em grande parte conluios pertences as forças da trevas, que pela natureza de seus reencarnes em solo europeu, fez com que despertassem em si pelo orgulho das casta, o “racismo” tão comum na ideologia nazista.

Segundo o conhecimento esotérico até mesmo o símbolo da suástica expandida sobre o mundo, um concentrado teor de radiação satânica que aglomerava das regiões trevosas aos centros deste poder na terra, a essência da própria “involução.

os dragões no nazismo

Mais quando houve o declínio e derrota deste poder no mundo e pelo desencarne de grande parte destes agentes do mal, a espiritualidade maior, resolveu por assim dizer numa ética de justiça e precaução, pois suas voltas as suas moradas antigas, faria com que se organiza-sem de forma mais nociva para a sociedade humana.

Assim foi determinada para impedir isso, e ao mesmo tempo servir de prisão kármica, o reencarne destes espíritos no continente africanos, em meio da população miserável e sofrida para que pela lei da causa e efeito, sentissem na própria pele a realidade ao qual tanto perseguiram e odiaram.

reencarne karmicos na africa

Viver pela espada e morrer por ela

Assim com a degradação moral da sociedade, por suas atuações no mundo, no liberalismo sexual que permitiu mais os esvaziamento das furnas do umbral, com a encarnação de milhares de almas totalmente desiquilibradas. Acabaram colhendo os fruto amargos de suas realidades no futuro.

Após 1980 com o aparecimento da AIDS e outras enfermidades, que nada mais era do que a materialização de componentes tóxicos e viróticos do astral inferior encontrado em muitas cavernas umbralinas. Que serviu no futuro de elemento kármicos, para a queda de muitos e de seus retornos ao astral inferior.

prisões espiritos na lua

A Prisão Temporária na Lua

Assim como na África, que já um caso diferente, uma grande coletividade de almas, que pelo que parece não possuírem mais nenhum resquício de natureza moral para reintegrarem a novas reencarnações na terra. Foram alojada e confinada no lado escuro da lua.

Assim definiu um dos guardiões “….no lado escuro da Lua, estão sendo reunidos milhares e milhares de espíritos já em processo de expurgo planetário. Seres que não mais encontram sintonia com o ambiente evolutivo da Terra são circunscritos às dimensões inferiores do astro lunar. Naturalmente, por processo de sintonia vibratória, acham-se limitados ao lado escuro do satélite terrestre.

- Que longe da humanidade terrena, são impedido que interfiram na sociedade direta ou indiretamente. Suas permanências neste local é temporária, pois atende as determinação do governo superior oculto do mundo, até a hora chegada do grande expurgo planetário, pela influência da chegada do astro intruso que atrairá para si todas estas almas já caídas, numa viagem para outras moradas planetárias da casa do pai.

Autor: Valter J.Amorim

Fontes: - Senhores da Escuridão – do Médium Robson Pinheiro e Os dragões – do médium Wanderley Oliveira


Postagens Relacionadas:

A Origem de Lúcifer e o Mito Anunnaki

Os decaídos e a linhagem Reptiliana segundo os espíritos

Os Planos de Lúcifer para o Domínio Mundial

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !