Digite seu E-mail:

Assine o Feed

A Transcomunicação instrumental e os Extraterrestres

transcomunicao-com-espiritos-extraterrestres

A Transcomunicação e os Extraterrestres

“A ciência ultraterrena poderia pronunciar-se com a ciência terrena por meio de ligações radiotelegráficas.” Guglielmo Marconi

A transcomunicação instrumental, diz respeito a todos os contatos entre o nosso plano e outros níveis existentes através de meios técnicos. Por esse processo habitantes de níveis dimensionais diferentes se comunicam com os humanos utilizando-se de aparelhos desenvolvidos tecnologicamente pelo homem ou vice-versa.

Foi a partir da primeira tentativa de se criar um aparelho que atendesse esta finalidade em 1.928, que o famoso cientista inventor da lâmpada elétrica, Thomas A . Edison , despertou o interesse mundial por uma nova modalidade de comunicação com os seres desencarnados ou de outros níveis de existência do cosmos.

Hoje com o avanço da tecnologia os Espíritos comunicantes contam com uma gama muito diversificada de aparelhos, como o fax, telefone,computador, rádio,gravador, televisão, para fazer valer as comunicações. Em 1.969, o pesquisador Juergenson, um dos pioneiros da transcomunicação da era moderna, recebeu das mãos do Papa Paulo VI a Comenda da Ordem de S. Gregório, ‘pelo reconhecimento da autenticidade das vozes” dos Espíritos comunicantes. Sabe-se que nos planos espirituais próximos da Terra, inclusive na própria crosta, são utilizados equipamentos que possibilitem a comunicação interplanos. Ou seja, em muitas situações, entidades situadas em planos mais elevados comunicam-se com entidades de planos menos elevados e vice-versa, através de uma aperfeiçoada prática da TCI.

Recomendamos a leitura dos livros do Espírito André Luiz, “Nosso Lar” (cap.48), e “Obreiros da Vida Eterna”, (Cap. 3), ambos psicografados por Francisco Cândido Xavier. Recomendamos também a leitura de “Memórias de um Suicida” (cap. 4) de autoria do Espírito Camilo Castelo Branco, psicografado por Yvone Pereira., todos são reveladores de que uma espécie de transcomunicação instrumental, largamente utilizada nas esferas espirituais.

Algumas comunicações obtidas através da transcomunicação referem-se a entidades espirituais trabalhando em conjunto com seres extraterrestres e que os mesmos mantém contato com o homem terreno via rádio desde 1.954. Alguns transcomunicadores inclusive chegaram mesmo em suas experiências a captar imagens de seres considerados extraterrestres chamados de Greys. A respeito dessas comunicações, existe no livro “Transcomunicação”, de Theo Locher e Maggy Harsch, pág.155, existe uma passagem bastante interessante, que pela a importância dos fatos, passaremos a descreve-la.

Maggy e Jules, de Luxemburgo, os mais bem sucedidos transcomunicadores do mundo, receberam a visita de dr. Theo Locher, em um dado momento da conversa, quando justamente discutiam na sala, sobre a veracidade ou não dos mundos paralelos. Um súbito ruído no computador chamou a atenção dos três pesquisadores. Ao observarem o monitor, lá estava uma inesperada mensagem: “Boa tarde, dr. Locher, existem de fato os mundos paralelos! Swejen Salter!” Segundo já informou a dra. Salter, na cidade de Marduk habitam 60 bilhões de humanóides, provenientes de muitos mundos existentes. Implica esse orbe, acolher não só humanos, porém outras tantas formas vivas, cuja consciência se compatibiliza e se nivela com o estágio lá predominante. Informa-nos Swejen que a idade média lá é de 30 anos, não existindo velhos nem crianças, a não ser, recém chegados, porém as crianças crescem rapidamente e os velhos rejuvenescem, nivelando a todos naquela idade.

Em uma transfoto recebida dessa cidade, encontramos o famoso médico alquimista Paracelso, que viveu na Terra no século XV. O mesmo mantém contatos freqüentes com a Terra, por intermédio da emissora Estação Rio do Tempo, localizada nessa mesma cidade desde 1.992. Ainda acerca da descrição da cidade espiritual de Marduk, nesse mesmo livro, Swejen Salter ainda descreve animais, inclusive alguns conhecidos na terra, aves, como também paradisíacas borboletas ricamente coloridas. Seriam os seres descritos por Ezequiel(cap.1 vs. 4 a 28), Isaías (cap.6 v.2) e João Evangelista(Apocalipse cap.5 v.11), humanóides, habitantes de Marduk, ou provenientes de colônias similares em missão na Terra?

Abaixo transcrevemos trechos de livros que abordam o assunto para maiores apreciações;

“Entre diversos Espíritos comunicadores e identificados pelo casal Mr. e Mrs. H-F, figuram Konstantin Raudive e uma Entidade não-humana que se denomina o Técnico ou o Bibliotecário. Este último é quem está aparentemente supervisionando o projeto e fornecendo detalhes técnicos e científicos, algumas vezes além da compreensão dos observadores terrenos.”(Transcomunicação Instrumental - Karl W. Goldstein Pág. 55)

“...G.W. Meek participou pessoalmente das conversações inteligíveis, em dois sentidos, por meio do GA-1, com o Espírito extraterreno Techniciam e com sua assistente feminina, o Espírito da cientista Swejen Salter. Meek teve três contatos com a dupla.” (Transcomunicação Instrumental - Karl W. Goldstein Pág. 64).

“- Contato de 6 de março de 1.989, às 11 horas e 30 minutos, com Wernher von Braun:

Aqui fala Wernher von Braun, o cientista, comunico-me com Homens através da comunicação com os mortos. Existem muitos seres extraterrestres, que não são iguais aos Seres Espirituais. Esses extraterrestres estão em contato com o governo americano. Existe contato (via rádio) com a Terra. Os extraterrestres vêm do Planeta Karmar e, em sua evolução global, estão mais avançados do que os homens da Terra. Os primeiros contatos dos extraterrestres com a Terra ocorreram em 1954. Entretanto, estão acontecendo, constantemente, encontros entre extraterrestres e homens terrestres. Estes são expressamente sigilosos. Fim de contato.” (Transcomunicação Instrumental - Karl W. Goldstein Pág. 143)

“Na entrevista dada por Juergenson à revista italiana ESP, há alguns tópicos de grande importância, referentes ao processo de comunicação entre os Espíritos e o operador humano que está usando o gravador. Vamos transcrever alguns trechos, incluindo as perguntas do entrevistador e as respostas de Juergenson: “P. Você então imagina que os seus interlocutores na dimensão deles, na qual as coisas são provavelmente reais para eles como o são para nós no nosso mundo material, desenvolveram a aperfeiçoaram instrumentos com os quais procuram o contato e a comunicação conosco?

R.: Exatamente. Sente-se ressoar como um eco em uma grande sala, quando eles chamam; clareiam a voz; são mesmo pessoas! Sente-se ainda elas caminharem, bem como quando inserem o radar. E depois falam de naves - eu não sei que coisas são e não quero nem mesmo fazer suposições - e dizem: ‘nós voamos, nós nos movemos’. Têm naves com radar, naves de transportes... “(A Transcomunicação Através dos Tempos - Hernani Guimarães Andrade, Págs. 238 e 239)

Vemos aqui, mais uma vez o conhecimento tecnológico superior em busca de contato com o homem encarnado através do auxilio mútuo de entidades desencarnadas e extraterrestres, conexão essa, que visa conscientizar o homem terreno a respeito da imortalidade e da sua origem divina.ll

Fonte: espiritismoeufologia.blogspot.com/


Postagens Relacionadas:

A Nasa recebe mensagens do centro da terra ?

Espíritos extraterrestres em Centros Espíritas

A Transição Planetária por completa até 2036

O Fim dos Tempos e Visitas Intra e Extraterrenas segundo os Espíritos

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !