Digite seu E-mail:

Assine o Feed

Um Comentário do Evangelho Segundo São João Crisóstomo

são-joão-crisostomo

(c. 345-407), Presbítero de Antioquia, Bispo de Constantinopla, Doutor da Igreja Sermão sobre Elias e a viúva, e as esmolas; PG 51, 348

Acolher a Cristo

A viúva de Sarepta recebe o profeta Elias com toda a generosidade e esgota toda a sua pobreza em sua honra, embora seja uma estrangeira de Sídon. Ela nunca tinha ouvido o que os profetas dizem acerca do mérito da esmola, e muito menos ainda a palavra de Cristo: «Tive fome e destes-Me de comer» (Mt 25,35).

Qual será a nossa desculpa se, depois de tais exortações, depois da promessa de tão grandes recompensas, depois da promessa do Reino dos Céus e da sua felicidade, não chegarmos ao mesmo grau de bondade que esta viúva?

Uma mulher de Sídon, uma viúva, tendo a seu cargo o cuidado de uma família, ameaçada pela fome e vendo chegar a morte, abre a sua porta para acolher um estranho e dá-lhe a pouca farinha que lhe resta. [...]

Mas nós, que fomos instruídos pelos profetas, que ouvimos os ensinamentos de Cristo, que tivemos a possibilidade de reflectir sobre as coisas futuras, que não estamos ameaçados pela fome, que temos muito mais do que esta mulher, seremos desculpados se não ousarmos tocar nos nossos bens para os dar? Negligenciaremos a nossa própria salvação? [...]

Manifestemos portanto para com os pobres uma grande compaixão, a fim de sermos dignos de possuir para sempre as coisas que hão-de vir, pela graça e pelo amor de Nosso Senhor Jesus Cristo para com a humanidade.

Créditos: Evangelho Quotidiano

__________________________________

Comentário Aquárius :

Quando muitos pensam na fundação da igreja romana e suas direções teológica, sempre pensam de forma totalitária a corrupção, mais o exemplo em que a história nos mostra não é bem assim a realidade dos fatos.

Muitos “Pais da Igreja” estavam em suas convicções de centralizar a igreja nos princípios de amor, caridade e fé!

Hoje é bem diferente este modelo de igreja que vemos em sua totalidade, pregam princípios totalmente opostos, onde; quem é Rico é porque está com Deus, e se é de Deus tem que prosperar!

Deturparam o entendimento de PAULO, para afirmarem que as “Obras” não valem de nada, quando na realidade, Paulo falava das prescrições ritualísticas judaicas (obras da lei).

A fé mesmo com a desculpa de idolatria, os Santos foram esquecidos, para deixar seus exemplos mortos pelo tempo.

Então nos perguntamos quem são os SANTOS de HOJE que fazem isso, e que muitos tanto seguem?

“….a caridade de muitos esfriará”. (São Mateus 24, 12)

- Quem tem olhos para ver, que vejam!

__________________________________

Tema original: Comentário ao Evangelho do dia (04/03) feito por São João Crisóstomo

Fonte: http://escritosdossantos.blogspot.com.br/

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !