Digite seu E-mail:

Assine o Feed

Mensagem de Jesus Cristo – Vinde a mim !

Mensagem de Jesus Cristo

Enquanto ainda sopram os ventos da iniquidade... Enquanto os homens não enxergam meu Pai e nem a mim... Enquanto a luz ainda não aquece a todos e nem acende o lume da fé nos desesperados...

Enquanto a fera do mal anda vos espreitando e acuando... Enquanto não seguis meus passos...todos que eu ensinei... Enquanto há ódio...enquanto há descaso... Enquanto há prantos e fome...

Enquanto há maus tratos e egoísmo, ambição e arrogância... Enquanto a mulher geme sozinha e o homem estupra sem dó... Enquanto eu não posso entrar nos corações vazios... Enquanto a o orgulho planeje ver seu irmão humilhado...

Enquanto a indiferença açoite o velho pai infeliz que chora... Enquanto a mansidão não exista e o meu amor não cative... Enquanto eu vos olho e vejo outros olhos vos rendendo... Enquanto eu procuro vossa atenção e não escutais...

Enquanto o horror exista nas praças sem cobertas... Enquanto o prato cheio não chega aos infantes sem pão... Enquanto não despertam todos os seres para vislumbrarem a famigerada besta que os procura... pensais que estais livres porque não vedes a fragilidade de vossas lacunas...

Enquanto pretendem muitos mandar e comandar e nada exemplificar... Enquanto sopra a desdita, as agruras das misérias... Enquanto vos ensoberbais... Enquanto caminhais com empáfia e desdém a mim...

Enquanto eu não posso te levar para cima... Enquanto pensais que chegaste ao topo... Enquanto isso...enquanto isso... Rubros olhos vos acompanham em brumas fétidas de seus pendores...

Enquanto vos clamamos amor e humildade, trabalho e cuidado... Enquanto só vos sentis seguros sem estardes e sem atentardes... Enquanto não vigiais, e não acreditais... Eu me apiedo de vossas inconseqüências...

Eu me ajoelho ao Pai e rogo pelos cegos de si mesmos... Eu choro e peço pelos esquecidos do Amor e da ternura... Eu rogo pelos que roubam e ainda executam com seus corações gélidos, Sem que as vidas ceifadas recobrem seu brilho no olhar...

Enquanto rondo as vielas e os montes em fumaças venenosas.. Dos que portam satânicas armas que estilhaçam lares e corpos, sem tréguas seus em ruídos tenebrosos da aflição ... Enquanto não exista a paz... Enquanto os governos conspirem seus ardis desumanos...

Enquanto jovens em convulsões partam para o redemoinho trágico... Enquanto os trôpegos, em odores etílicos, caminham estonteados... Enquanto não sabeis que estamos em hora de triagem... Em que vossas fichas de não-merecimentos caem no caos do esquecimento cósmico milenar de vós...e sobre vós... até o raiar de outra alvorada em alguma poeira estelar do infinito...

Para onde seguireis muitos vivendo nas formas de seres nos lodos e pântanos, dos mais primários... Enquanto isso eu me esgarço e me compunjo em clamores ao Pai ... Enquanto isso convoco os anjos de meu Pai...e vou com eles ver as chagas imundas de muitos corações maus...e muitos, sendo bons, são escravos dos maus... Enquanto estais certos de serdes bons, eu peso em ouro divino cada mérito de vós para vos garantir...

Mas nem sempre...nem sempre esse peso pesa na balança divina em vosso favor... Eu vos peço, meus filhos, cuidai desta hora ! Atentai ! Eu vos peço, meus filhos, zelai por vossos passos ! Eu vos peço, meus filhos, Orai !

Eu vos peço, meus filhos, Vigiai ! E vos peço, meus filhos, Amai ! Vinde a mim ! Ninguém vai ao Pai senão por mim ! Eu Sou a candeia que poderá vos iluminar as sendas !

Eu Sou a certeza de que estareis em salva guarda ! Eu Sou o amor que não vos abandonará ! Eu Sou o alimento que vos abastecerá eternamente ! Eu Sou a Porta, a mão amiga, o irmão que vos ama...

Mas vinde a Mim ! Batei à minha porta ! Chamai-me e eu vos irei ver e defender ! Eu vos aguardo ! Vinde a mim, rapidamente !

- "Eu vos suplico, meu Pai, dai-me a chance de vos levar mais e mais de vossos filhos até os vossos pés de puro Amor, Misericórdia e Compaixão ! Perdoai-os, Pai ! Eles ainda pouco sabem o que fazem ! Despertai-os ! Vosso tempo é amoroso ! Presenteai-me Pai com vossa intercessão ainda mais paternal ! Amem ! Que assim seja ! E louvado sejas para todo o sempre !"

“JESUS CRISTO”

Mensagem telepática a Rosane Amantéa em 16 de outubro de 2010.

Nota: Mestra Nada pede que esta oração de Jesus possa ser distribuída em penitenciárias, abrigos de menores infratores, instâncias e repartições públicas, escolas, igrejas, ruas, bares, etc...e onde mais cada qual de nós desejar insuflar derradeiras esperanças de oportunidades aos nossos irmãos em possível trajeto de descida aos planetas de provações maiores.

©2010Rosane Amantéa http://rosane-avozdoraiorubi.blogspot.com/

Obrigada por incluir o link do site do autor quando repassar essa mensagem.

Fonte: Minha Mestria


Postagens Relacionadas:

Chico Xavier e 2019: A Última chance de Jesus á Comunidade Terrena

Jesus, por Sathya Sai Baba

O Milênio com Jesus já ocorrido nos primeiros séculos

1 comentários:
  1. BRINCADEIRA...QUE PROFUNDIDADE. E TÊM MALUCO QUE NÃO ESTÃO NEM AÍ PARA ISSO(CONGRESSO NACIONAL,POR EXEMPLO)! Valeu,senti o peso do juiz- DEUS sobre a minha alma.
    JESUS CRISTO numa mensagem dessa é a SALVAÇÃO mesmo!Bom advogado,vamos ver se a TERRA toma jeito,senão um JUIZ chamado DEUS é quem vai dar um jeito...

    ResponderExcluir

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !