Digite seu E-mail:

Assine o Feed

Platão. Visão do passado ou futuro ?

Platão

platao_fim do mundo antigo

Platão, filósofo grego que viveu entre 427 a.C. e 348 a.C., foi o responsável pela difusão da lenda sobre a Atlântida. Platão teria tomado conhecimento da Atlântida por meio de um Sábio da cidade de Saís, no Egito. Segundo o que afirmava, a Atlântida era uma grande ilha que foi destruída por um terremoto, indo para o fundo do mar.

Este terremoto teria sido um castigo divino, e estes acontecimentos ocorreriam de tempos em tempos, sendo que a Atlântida não foi o único caso, e não seria o último. Veja abaixo alguns diálogo:

"... a ilha (de Atlântida) era maior do que a Líbia e a Ásia juntas e através das ilhas podia-se atravessar para o continente oposto."

"Os reis e súditos da Atlântida foram, durante muito tempo, justos e bons, mas pouco a pouco perderam as virtudes; ficaram ávidos de bens e prazeres, e então os deuses afundaram o seu Continente sob as ondas do Oceano. ... Nesta ilha, Atlântida, alguns reis tinham formado um império grande e maravilhoso.

Eram senhores da ilha inteira e de muitas outras ilhas e porções de continentes. Do nosso lado dominavam a Líbia até o Egito, e a Europa até à Tirrena. ... Mas, a seguir, houve tremores de terra e cataclismo. No espaço de um só dia e uma só noite, todo o vosso exército foi tragado, sob a terra, de um só golpe, e igualmente a Atlântida se abismou no mar e desapareceu."

"Os homens foram destruídos e tornarão a sê-lo, de muitas maneiras. As mais graves destruições aconteceram pelo fogo e pela água, mas houve outras menores, de mil maneiras. ... Às vezes se produz um desvio nos corpos que circulam em torno da Terra. E a intervalos muito espaçados de tempo, tudo quanto está sobre ela perece por superabundância de fogo.

Então perecem todos os que habitam sobre as montanhas, em lugares elevados e zonas secas, de preferência aos que moram perto dos rios e do mar. De outras vezes, ao contrário, quando os deuses purificam a Terra por meio das águas e a submergem, salvam-se apenas os aldeões e os pastores, mas os habitantes de suas cidades são arrastados para o mar pelos rios."

"Sempre que as coisas se encontram um pouco organizadas, eis aqui que, de novo, a intervalos regulares; com uma enfermidade, as ondas do céu caem novamente sobre vós, não deixando como sobreviventes mais que os iletrados e ignorantes. ... Assim, voltareis de novo a ser jovens, sem nada saber do que aconteceu aqui, nem entre vós, nem nos tempos anteriores. ... E, acima de tudo, não recordareis mais que um só dilúvio terrestre, quando houve muitos anteriormente."


Postagens Relacionadas:

O mito do Dilúvio Universal e o fim da Atlântida

O “Código Secreto” de Platão

O Anel de Atlântida

Quem foi Hermes Trimegistos

1 comentários:

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !