Digite seu E-mail:

Assine o Feed

Nossas origens Extraterrestre

origens-extraterrestres

Somos Extraterrestres

Amigos e Irmãos Cósmicos É importante esclarecer que TODOS ou quase todos, SOMOS EXTRATERRESTRES, só que a quase totalidade não tem consciência disso, pois estão ainda muito presos à 3ª dimensão, deste mundo dual. Viemos dos mais longínquos planetas e dimensões para, numa oportunidade reencarnatória para uns e missão para outros, resgatarmos erros do passado e num ato de desprendimento cultivarmos valores que foram por nós esquecidos em épocas remotas.

O fato de muitas pessoas possuírem olhos ou mesmo fisionomias parecidas com extraterrestres, se deve à miscigenação de raças humanas, além dos mais diversos entrelaçamentos de raças extraterrestres que, atualmente conhecidas e em contato com o planeta Terra, são em número de 49. Entretanto, esse número é ínfimo tendo em vista a vastidão deste nosso universo, e é possível que esse número venha a crescer muito no futuro. O tipo de olhos de uma pessoa não tem nada a ver com sua evolução espiritual, pois o espírito é transcendental e independe do corpo físico da pessoa. Muitas pessoas de espírito nobre possuem olhos reptilianos, por exemplo.

Já, outros, possuem um atraso espiritual muito grande, e são seres de olhos de características completamente diferentes. Muitas raças de ETs possuem olhos com características reptilianas e, no entanto, pertencem ao Comando Ashtariano, voltadas totalmente ao bem e à luz.

NOSSA ORIGEM CÓSMICA:

somos-extraterrestres

A milhões de anos atrás, seres extraterrestres cientistas, habitantes de Órion, muito evoluídos tecnologicamente, vieram à Terra para pesquisar os minerais, os vegetais e os animais. Na época destas pesquisas, encontraram aqui um tipo de primata que tinha uma certa semelhança com o ser humano atual, mas sem a inteligência e a coordenação motora necessária para uma rápida evolução.

Esses seres começaram a modificar o DNA desse primata, para que a sua caixa craniana ficasse maior, os seus membros e a coluna ficassem mais harmônicos. Com o aumento do crânio deste ser primitivo, os “greys” puderam aumentar também o cérebro e a capacidade cerebral/intelectual deles e, conseqüentemente, a capacidade de raciocínio (o elo perdido) Um tempo após a chegada dos Greys, chegaram outras raças.

Enquanto os orianos faziam pesquisas genéticas, as outras povoavam vários pontos do planeta como: África, Europa, Oriente Médio, entre outros. Ficando cada uma na região da Terra que primeiramente tiveram contato e exploraram. As 5 primeiras que vieram para a Terra foram: Órion, Plêiades, Antares, Sírius e Pégasus. Muitas outras raças depois disto começaram a visitar a Terra. Órion deu origem à raça Amarela, de olhos puxados; Plêiades, deu origem à raça amarela de olhos amendoados; Antares deu origem à raça vermelha; a indígena; Sírius deu origem à raça caucasiana; Pégasus deu origem à raça negra.

Essas raças com o passar do tempo, começaram a se miscigenar entre elas, gerando vários descendentes que se espalharam pela terra. Muitos depois de um tempo, se foram, voltaram ao seu planeta de origem. Eram raças que possuíam tecnologia muito avançada, porém com níveis de consciência diferentes, por isso começaram a disputar território devido a ambição, provocando escravidão guerras e domínios entre os povos, colocando a humanidade num caos.

Para que voltássemos à evolução, foram enviados novamente à Terra, raças que se comprometeram em auxiliar a restabelecer o equilíbrio entre os povos foram enviadas raças que pertenciam a um conselho galáctico, criado pela necessidade de sobrevivência perante outras culturas que não mantinham seu foco na paz e na convivência pacifica dentro de suas trocas culturais com outros povos. Os membros deste conselho são muito mais antigos que a própria existência das galáxias conhecidas, pois são seus verdadeiros criadores que tem por objetivo zelar e orientar suas criações no caminho da evolução.

Dentro do conselho existem diversas formas de vidas, que muitas vezes não entram em contato direto com outras formas de vida, que não tem parentesco com sua estrutura fisiológica, devido aos preconceitos e falta de amadurecimento das raças emergentes dentro da consciência universal, como é o caso da humanidade da Terra, que ainda não está preparada para conhecer abertamente muitos visitantes de outras raças.

O processo evolutivo esteve e continua sendo uma constante em todas as formas de vida. Na atualidade existem milhões de mundos que estão ainda em um estado imaturo de evolução. Neste momento a humanidade já está mais apta a conhecer outras verdades sobre sua herança genética e seus verdadeiros ancestrais, tidos como Deuses do passado ou da mitologia. As raças "humanóides" presentes no Sistema Solar são mais de 127, mas só 49 raças é que estão unidas no propósito de auxiliar a humanidade nesta evolução; cada uma com uma função específica.


Postagens Relacionadas :

As 49 Raças de Extraterrestres

O Arrebatamento Extraterrestre ?

Greys

Comandante Ashtar Sheran

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !