Digite seu E-mail:

Assine o Feed

A Deusa Kundalini e os Chakras

Kundaline-e-os-Chacras

Energia Kundalini e os Chakras

A lenda da deusa Kundaline, representa uma força Cósmica. Diz a lenda Hindu que Kundaline desceu do Céu por uma escada (cordão umbilical), até chegar a uma ilha (plexo solar) no meio do oceano (líquido amniótico).

Quando a escada é cortada e desligada do Céu, ela - Kundaline – rapidamente se esconde em uma caverna (plexo sacro), onde se oculta dos olhos dos homens. No entanto ela deve ser arrancada da caverna, pois enquanto ela aí estiver, o mundo estará na obscuridade. (Está implícita a idéia da auto realização. Só a transformação liberta Kundaline).

A Energia Poderosa

A kundalini é uma energia poderosíssima, quando desperta pode ocasionar benefícios ou malefícios naquele que a acorda, esse despertar dever ser sempre acompanhado por um Mestre que realmente conheça o assunto.

Energia-kundalini

No nosso Universo temos três forças: Fohat, Prana e Kundalini, respectivamente: o fogo, o alento(que está no ar junto com os íons de eletricidade) e a energia reprodutora (sexual) que, devidamente canalizada, pode (além da reprodução) despertar todos nossos extra sentidos ou paranormalidades. Tomemos como exemplo uma usina geradora de eletricidade, Furnas, no Brasil.

A eletricidade que é fornecida para prover energia para uma cidade(como São Paulo), caminha por meio dos seus fios condutores centenas de quilômetros e, depois de determinadas distâncias, tem de realimentar sua energia passando por transformadores; seria como um automóvel, numa longa viagem necessitar reabastecer seu tanque para prosseguir seu caminho e chegar ao seu destino.

A Energia Sexual

A Kundalini tem sua sede no chakra básico, nos órgãos sexuais, junto ao "sacro coccígeo"; trabalhada pela Yoga essa energia sobe passando pelos sete chakras (Rodas de força) principais, neles se reabastecendo, reenergizando-se e, ao mesmo tempo, acelerando esses centros de força até chegar na nossa central de computação, nosso cérebro, ampliando sua atividade cognitiva.

Nós temos três vias nervosas na nossa coluna vertebral, os hindus as conhecem como ´Ida, Shushuma e Pingala´: na fisiologia são os sistemas Vago, Simpático e Central; são as duas serpentes figuradas, na Yoga sendo a preta força negativa e a branca força positiva, Yin e Yang.

kundalini-Serpente-Energetica

São os campos elétricos negativo e positivo que quando confrontados diretamente podem produzir curtos circuitos, incêndios, acidentes; quando usados com conhecimento movimentam máquinas, computadores, etc. Os chakras são centros de força, rodas de energia; nós temos uma infinidade desses centros no nosso corpo, são verdadeiras galáxias sendo sete os principais que estão localizados na coluna vertebral, eles têm forma espiralada tendo, junto à coluna, um diâmetro aproximado de 2 centímetros, e se projetam para a parte anterior do corpo físico (como um funil se abrindo) tendo aí um diâmetro de mais ou menos 10 centímetros.

A Kundalini e os Sete Chakras

Eles (os chakras) giram tendo cada um sua cor característica com maior ou menor luminosidade. Todos os chakras se projetam da coluna vertebral para a frente com exceção do chakra básico que é virado para trás como uma cauda; dizem alguns mestres que nós tínhamos cauda e depois (com a evolução) a perdemos, outros estudiosos afirmam que nenhum dos sete chakras era invertido e, por isso, nós tínhamos todas nossas paranormalidades desenvolvidas, mas abusamos tanto de nossos poderes ocasionando a submersão de Atlântida, resultado: cassaram nosso mandato, inverteram o chakra básico.

Há controvérsia nas cores dos chakras, nós acreditamos que suas nuances seguem o espectro solar: no básico (no sacro coccígeo) a cor é vermelha, no esplênico (altura do baço) cor laranja, no solar (um pouco acima do umbigo) amarelo, no cardíaco (glândula timo) verde, no laríngeo (garganta) azul claro, no frontal (entre as sobrancelhas, glândula pineal) azul índigo e finalmente no coronário (topo da cabeça, pituitária) cor violeta.

O despertar do Kundalini

O despertar do Kundalini consiste em mentalizar essas energias, do vago e simpático, negativa e positiva, subindo por dentro da coluna vertebral (central), passando por cada chakra, avivando sua coloração e rotação, subindo até o cérebro; em cada passagem seria como desfazer um nó que, se não orientado, pode romper-se danificando o corpo físico. O caminho é tortuoso, é o caminho do meio, é caminhar por uma região desconhecida, há necessidade de um bom mestre, um bom guia. Um livro pode ser um bom guia.

Kundalini - Coppi Krisshna

Kundalini e a Terceira Visão

Mellita Dening e Osborde Phillyps". Na era de Aquário devemos de preferência trabalhar com os chakras superiores: pineal (hipífise) ou terceiro olho, e pituitária (hipófise) coronário, automaticamente as demais glândulas se ativam. Em nosso cérebro é na medula oblongada que estão guardados os arquivos de nossas vidas passadas. O despertar da Kundalini nos dá acesso aos planos materiais mais sutis (Astral e Mental) mas existem muitos mais planos acima deles.


Postagens Relacionadas:

O Caduceu de Hermes e sua Relação com os Chackras

Os Cristais e seus poderes Energéticos

O Equilíbrio Energético pela Descarga de Energias Nocivas

0 comentários:
Postar um comentário

Fica-se aos leitores cientes de que algumas postagens, principalmente do Administrador, Valter J.Amorim, estão sujeitas á alterações ou atualizações, de informações !